0

Belas paisagens inspiram corredores no Rio de Janeiro; veja

12 nov 2012
07h39

O Rio de Janeiro é uma cidade que atrai muitos corredores, seja pelo farto calendário de provas que lá são realizadas ou mesmo por sua beleza natural, formada por praias e muito verde. Assim, não faltam boas opções de lugares para a prática do esporte. Dentre os mais procurados por aqueles que preferem fugir do forte calor, a sugestão é o Parque Jardim Botânico.

Vista da orla da Praia de Copacabana, que conta com um calçadão de 4 km para quem curte correr próximo ao mar
Vista da orla da Praia de Copacabana, que conta com um calçadão de 4 km para quem curte correr próximo ao mar
Foto: Rodrigo Soldon / Terra



Local de preservação da flora, o parque possui várias espécies de flores e árvores, que compõem um belo visual para inspirar os treinos. "Por ser muito arborizado, é um local com temperatura muito agradável, mesmo no verão, ideal para quem quer fugir do calor", comenta Walter Tuche, diretor-técnico da Walter Tuche Assessoria Esportiva e Personal Trainer, do Rio de Janeiro. O percurso é plano, feito de terra batida e composto por várias ruas e travessas. A volta completa no parque tem cerca de 2,5 km. O local também conta com estacionamento, banheiros e pontos de hidratação. O horário de funcionamento é de segunda a domingo, das 8h às 17h (com prorrogação de uma hora para o fechamento das bilheterias no período de horário de verão). É cobrada uma entrada de R$ 6.



Já para os corredores que curtem locais mais badalados, a orla da cidade é a melhor opção. Lá, é muito comum se deparar com famosos correndo no calçadão. Na praia de Copacabana, o percurso tem 4 km de extensão. Da praia do Arpoador ao Leblon são outros 4 km. O trajeto é plano e conta com vários quiosques para hidratação, além de banheiros nos postos de bombeiros. "É um percurso muito bacana, que pode ser conjugado com um treino na areia", sugere Tuche.



Para os que desejam fazer um treino mais forte, a sugestão é a estrada da Mesa do Imperador, que tem início no bairro do Jardim Botânico, na rua Dona Castorina. "Ela é recomendada para corredores mais experientes, por conta da inclinação e da distância", salienta o técnico, explicando que o percurso compreende 5 km de subida no asfalto. O treino é feito na rua, portanto é necessário que o atleta tenha atenção em relação aos automóveis que trafegam no local, que é aberto ao trânsito todos os dias. A sugestão, segundo Tuche, é correr sempre na mão dos carros, por conta dos ciclistas que dividem o espaço com os corredores. O local não possui banheiro nem pontos de hidratação. Em compensação, oferece uma linda paisagem. Na estrada, há um ponto de passagem no qual se pode admirar a Vista Chinesa, mirante em estilo chinês localizado no bairro do Alto da Boa Vista, em meio à Floresta da Tijuca.



Roda Livre
Especial para o Terra
Fonte: Terra
publicidade