0

Saiba como prevenir a dor na lateral do joelho

13 nov 2012
07h25

Devido ao movimento constante de flexão e extensão do joelho, é comum após um treino de corrida a musculatura ficar dolorida e com maior tensão. Isso ocorre principalmente na região lateral da coxa, que segue da crista ilíaca (altura da cintura pélvica) até a lateral do joelho, conhecida como iliotibial. "Devido ao impacto, desequilíbrio muscular, corrida em pisos irregulares (como os cantos das ruas, que possuem maior inclinação), dentre outros fatores, é comum que haja aumento de tensão no trato iliotibial, gerando desde leves desconfortos até dores na região lateral do joelho", explica Fernando Rianho, fisioterapeuta da Sport Fisio, de São Paulo. Essa lesão, conhecida como "joelho de corredor", pode inclusive afastar o atleta de seus treinos e até mesmo dificultar suas atividades cotidianas.

Devido ao impacto, desequilíbrio muscular, corrida em pisos irregulares, dentre outros fatores, é comum que haja aumento de tensão no trato iliotibial, gerando desde leves desconfortos até dores na região lateral do joelho
Devido ao impacto, desequilíbrio muscular, corrida em pisos irregulares, dentre outros fatores, é comum que haja aumento de tensão no trato iliotibial, gerando desde leves desconfortos até dores na região lateral do joelho
Foto: shutterstock / Terra



A massagem local é a maneira mais comum para amenizar as dores na região. Ela pode ser feita por um especialista ou pelo próprio corredor ¿ por meio de movimentos com uma bola de tênis ou o uso de um rolo de massagem (ou adaptando uma toalha de banho enrolada de forma bem firme). Com uma bola de tênis, pode-se fazer a massagem por toda a região lateral da coxa com movimentos lentos, firmes e circulares, desde a região do quadril até próximo ao joelho. Com o rolo de massagem ou uma toalha colocada no chão, o corredor deve se posicionar com a lateral da coxa sobre o rolo ou toalha, descarregar o peso do corpo controlado pelos membros superiores e realizar movimentos "para cima e para baixo", massageando toda a região. "Tanto a massagem com a bola quanto com o rolo ou a toalha pode ser dolorida, mas são de grande eficácia na prevenção e no controle da síndrome do trato iliotibial", finaliza Rianho.



Roda Livre
Especial para o Terra
Fonte: Terra
publicidade