PUBLICIDADE

Alex Douglas da Silva conquista prata na maratona e Brasil chega à 72ª medalha em Tóquio

4 set 2021 21h59
| atualizado às 23h59
ver comentários
Publicidade

O Brasil chegou à 72ª medalha paralímpica em Tóquio. Neste sábado, Alex Douglas da Silva conquistou o segundo lugar e a prata na maratona T45, para atletas com deficiência em membros superiores. Com isso, o Brasil iguala a campanha do Rio 2016.

Em baixo de chuva, Alex foi consistente durante toda a prova. O brasileiro fez parte do pelotão inicial desde o início e conseguiu administrar o segundo lugar.

"Eu procurei fazer uma corrida inteligente e tentar ficar o mais próximo possível do grupo da frente. Claro que para isso dependeria do ritmo que os demais competidores estivessem fazendo, porque não adiantava estar junto do grupo correndo forte e todo mundo quebrar", disse o atleta gaúcho.

Alex correu 45km em 2h27min e bateu o recorde sul-americano. A medalha de ouro ficou com o chinês Chaoyan Li, e o japonês Nagata completou o pódio da prova.

"Tudo o que a gente passa ao longo de tantos anos de carreira, além de tantas pessoas que nos ajudam nesta caminhada, para que eu possa estar aqui representando o meu país. Fico muito feliz de estar aqui e honrá-los com esta medalha", completou.

A prata de Alex é a 72ª medalha do Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. O país se iguala a campanha história do Rio de Janeiro, em 2016.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade