PUBLICIDADE
Logo do

Athletico Paranaense

Meu time

Com gol nos acréscimos, Athletico-PR vence o Rio Branco pelo Paranaense

4 mar 2020
22h07 atualizado às 22h54
0comentários
22h07 atualizado às 22h54
Publicidade

O Athletico-PR voltou a campo nesta quarta-feira e penou para bater o Rio Branco por 1 a 0, pela 10ª rodada do Campeonato Paranaense. Com reservas do time principal e Dorival Júnior no banco, o Furacão não conseguiu sair com um bom resultado na Arena da Baixada.

Com o resultado, o Athletico se mantém isolado na liderança da competição. A equipe soma 21 pontos, contra 18 do vice-líder Coritiba, que ainda joga na rodada.

Athletico segue na liderança do Campeonato Paranaense (Foto: Reprodução/Athletico-PR)
Athletico segue na liderança do Campeonato Paranaense (Foto: Reprodução/Athletico-PR)
Foto: Gazeta Esportiva

Dorival optou por mesclar boa parte dos jogadores que ficaram na reserva contra o Peñarol, pela Libertadores, com alguns garotos do time de aspirantes. 

O Athletico até balançou as redes aos 18 da primeira etapa com Pedrinho, mas a arbitragem assinalou impedimento do jovem atacante na jogada. Sem levar muito perigo aos goleiros, as equipes desceram para o vestiário sem gols.

Na volta do intervalo, o Furacão seguiu com mais posse, mas sem assustar o Rio Branco. Christian também chegou a mandar a bola para o gol, mas a arbitragem marcou novo impedimento. 

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO PARANAENSE X RIO BRANCO-PR

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 04 de março de 2020 (quarta-feira)

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques

Assistentes: Alexsandro Euzébio da Silva e Luis Henrique Campanhoni Amadori

Cartões amarelos: Fernando Canesin e Zé Ivaldo (Athletico); Arroyo (Rio Branco-PR)

Gols: Christian, aos 46 do 2ºT (Athletico-PR)

ATHLETICO-PR: Leo; Jonathan (Khellven), Zé Ivaldo, Lucas Halter e Abner Vinícius; Christian, Lucho González, Fernando Canesin (Jajá) e Marquinhos Gabriel; Pedrinho (Vinicius Mingotti) e Vitinho

Técnico: Dorival Júnior

RIO BRANCO-PR: Dalton; Lito Guerreiro, Salazar, Thuram e Higor; Arroyo, Douglas (Pedro Botelho) e Kaio Wilker; Romão (Bruno Andrade), Felipe Nunes (Filipe) e Vinícius Balotelli

Técnico: Tcheco

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade