PUBLICIDADE
Logo do Atlético-MG

Atlético-MG

Favoritar Time

'Boom' dos europeus: astro Payet puxa fila e muda perfil no futebol brasileiro

Recheado de jogadores sul-americanos, Brasileirão tem recorde de europeus em 2023 e se mostra cada vez mais global

24 dez 2023 - 09h44
(atualizado às 10h11)
Compartilhar
Exibir comentários
Fotos: Leandro Amorim/Vasco - Legenda: Francês Payet teve o carinho do torcedor do Vasco em seus 4 meses até aqui
Fotos: Leandro Amorim/Vasco - Legenda: Francês Payet teve o carinho do torcedor do Vasco em seus 4 meses até aqui
Foto: Jogada10

Entre tantos fatos marcantes, o ano de 2023 também teve o "boom" dos europeus no futebol brasileiro. Afinal, sete jogadores do Velho Continente passaram pela Série A, um recorde histórico. Contratação de maior impacto, Dimitri Payet puxa a fila entre os destaques. O meia-atacante do Vasco decidiu vir para o Brasil após brilhar com a camisa do Olympique de Marselha, da seleção francesa e do West Ham-ING.

Além dele, o atacante espanhol Jessé, o volante grego Samaris e vários outros portugueses desembarcaram recentemente no país. A maioria, no entanto, teve desempenho discreto até aqui. Seja pela idade avançada ou pela dificuldade de adaptação. Inclusive, o próprio Payet, que fez dois gols importantes pelo clube carioca, mas foi reserva em boa parte dos jogos. O maior responsável pelo número expressivo é o Coritiba, que recheou o elenco de estrangeiros para tentar se salvar, sem sucesso, do rebaixamento para a Série B.

Especialista em gestão esportiva, Carlos Henrique Lopes crê que esse movimento veio para ficar e tem relação direta com a criação das SAfs e sua gestão mais profissional, que é notícia na Europa.

"A vinda dos europeus não é por acaso. Tem a ver com o número de técnicos europeus, principalmente portugueses, e também com a estabilização dos clubes, seus projetos a longo prazo e salários em dia. O futebol brasileiro, hoje, é diferente de cinco anos atrás e, para mim, isso tem relação com as SAFs e a profissionalização. É notícia no mundo todo", avaliou Lopes.

Lista de europeus no último Brasileirão:

Dimitri Payet - Vasco - França 

Jessé - Coritiba - Espanha

Diogo Batista - Coritiba - Portugal

Samaris - Coritiba - Grécia

João Moreira - São Paulo - Portugal

Rafael Ramos - Corinthians - Portugal

Tobias Figueiredo - Fortaleza - Portugal

Em várias das temporadas anteriores, não havia um jogador sequer nascido no Velho Continente. Inclusive, o Jogada10 preparou uma galeria completa com todos os 30 europeus, com o acréscimo de Payet, que já entraram em campo no Brasileirão. Nesta lista, porém, faltam alguns dos da última janela de transferências. .

Além disso, há vários nomes que nasceram em terras brasileiras, mas que foram morar muito cedo em outros países ou se naturalizaram estrangeiros. Casos de Cauly, do Bahia, que se profissionalizou na Alemanha; Johnny Cardoso, meia do Internacional que viveu muitos anos nos Estados Unidos; e Daniel Martins, que tem nacionalidade escocesa e está no Athletico.

Principais europeus recentes

Na última década, alguns europeus desembarcaram por aqui. O holandês Seedorf brilhou pelo Botafogo, entre 2012 e 2013, enquanto outros como o alemão Baumjohann e o inglês Kazim não renderam o esperado.

Há, ainda, os africanos, que vem se multiplicando no futebol brasileiro. Nesta temporada, o argelino Islimani, fera do Sporting e do futebol inglês, defendeu o Coritiba. Além dele, o angolano Bastos se tornou zagueiro do Botafogo, que também trouxe, há dois anos, Salomon Kalou - este foi um fracasso. Alguns jovens vem se desenvolvendo na base, e o São Paulo é um dos ativos no intercâmbio.

A tendência é que a maioria dos europeus não renovem seus contratos, mas outros devem chegar, diante da globalização da marca do Brasileirão. Payet, por exempo, tem contrato com o Vasco até o meio de 2025 e vai permanecer.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade