0
Logo do Seleção Argentina
Foto: terra

Seleção Argentina

Messi reclama do juiz e se coloca à disposição para liderar nova geração da Argentina

5 jul 2019
10h54
atualizado às 10h54
  • separator
  • 0
  • comentários

Messi deu uma boa entrevista na noite desta terça-feira, no estádio do Mineirão, cerca de uma hora depois de a sua Argentina perder por 2 a 0 para o Brasil e ser eliminada da Copa América, acabando com as chances de mais um título seu com a seleção. Entre revolta com o árbitro, felicidade pelo bom desempenho e lamentação pelos gols perdidos, indicou que seu futuro com a seleção segue de pé.

"Não sei como vai ser, mas eu me dei muito bem com esse grupo. Se eu puder ajudar de alguma forma, vou fazer. É um grupo muito legal, tem muito a crescer, e quero ajudá-los", comentou o camisa 10, que ainda não conseguiu levantar uma taça pelo seu país, mas teve uma saída de campo muito mais animadora do que na última decepção.

Em 2016, nos Estados Unidos, o craque perdeu um pênalti na disputa contra o Chile e, ao falar com os jornalistas na saída do campo, disse que não atuaria mais pela equipe nacional. Mais experiente, ele mostrou-se bastante solícito, esboçou alguns sorrisos ao ser perguntado sobre o futuro e pediu continuidade ao técnico Lionel Scaloni.

"Como eu disse, acho que algo novo está começando agora, algo bonito, temos uma base importante que deixamos nessa Copa, jogadores que amam a Seleção. É preciso que tenham tempo, que o técnico tenha tempo, que ele seja respeitado. Que não comecem a dizer agora que ele vai embora", concluiu o atleta.

Messi agora se prepara para a próxima temporada com o Barcelona enquanto os argentinos terão mais seis meses antes do início das Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar, em 2022. Antes, ainda há a Copa América de 2020, na Argentina e na Colômbia, outra chance de ser campeão com o seu país.

Atuação da Argentina

"Fizemos um grande jogo, um esforço muito grande. Não era para terminar assim, acho que eles não foram superiores. Eles encontraram o primeiro gol, depois o segundo"

Reclamação pela arbitragem

"Impressionante como usaram o VAR para lances bobos durante toda a Copa América, lances leves, e hoje (terça) o juiz nem foi ao vídeo checar. No mínimo contato o jogo parava, espero que a Conmebol faça algo sobre isso, mas não sei se vai acontecer. O Brasil controla tudo. Sim, ficamos com muita raiva, fizemos um esforço muito grande para jogar com o Brasil, eles de local. As jogadas foram todas para eles. Gostaria de repetir que vários lances bobos foram vistos como pênalti na Copa América e hoje nem foram ver"

Argentina melhor?

"Deixamos tudo dentro do campo. E, bom, má sorte. Com a cabeça quente é difícil (analisar), acho que eles acharam um gol. Tivemos a posse de bola e eles, mesmo com jogadores muito rápidos na frente, não encaixaram um contra-ataque. Tivemos uma bola no travessão, bola que passou pela pequena área e os pênaltis que não marcaram

Juiz decisivo?

"Tudo isso vai te tirando do sério, você vê que o árbitro não está sendo justo e isso te tira do sério. Creio que começamos mal, mas fomos nos soltando, chegamos ao nosso melhor momento, contra um grande rival, um Brasil que tem jogadores espetaculares em todos os setores. Acredito que estamos à altura"

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade