PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Jorge Jesus explica escolha do Al Hilal em vez da seleção da Arábia Saudita

4 jul 2023 - 19h25
Compartilhar
Exibir comentários

Anunciado no Al Hilal há alguns dias, o técnico Jorge Jesus estava apalavrado para assumir a seleção da Arábia Saudita, mas acabou não fechando o contrato.

Em entrevista a alguns repórteres no aeroporto de Lisboa, antes de embarcar rumo à Áustria, onde vai fazer a pré-temporada com seu clube, o treinador português de 68 anos admitiu acerto para assumir a seleção árabe, mas que surgiu a oportunidade de treinar mais uma vez o Al Hilal, que o treinador julga um "trabalho incompleto".

"Foi tudo resolvido em duas horas, não estava esperando. Tinha praticamente tudo acertado com a seleção da Arábia Saudita, quando apareceu esta hipótese do Al-Hilal, onde já tinha trabalhado. Foi um trabalho incompleto, saí em primeiro lugar, com 6 pontos de vantagem, com uma Supertaça ganha… Pensei que devia começar um projeto que não tinha acabado, mas dei sempre a possibilidade de as pessoas que têm a responsabilidade decidirem. Disse aos presidentes da Federação e do Al Hilal para se entenderem. O ministro deu-me a hipótese de escolher e escolhi o Al Hilal", revelou Jorge Jesus.

Ex-técnico do Flamengo, Jorge Jesus vai comandar um Al Hilal que, como outros clubes da Arábia Saudita, foi ao mercado e está montando um time com nomes pesados do futebol europeu. Até o momento, anunciou o zagueiro Koulibaly, ex-Chelsea, e o meio-campista Rúben Neves, ex-Wolverhampton, da Inglaterra.

Com contrato de um ano, o treinador português não fechou as portas para uma eventual volta ao futebol brasileiro. "Ainda estou chegando ao Al-Hilal… Fiz um contrato de um ano. Vamos ver", disse Jorge Jesus.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade