PUBLICIDADE
Logo do

América-RN

Meu time

Bragantino vence em casa e reage na luta contra degola

18 out 2014 18h20
| atualizado às 18h34
ver comentários
Publicidade

Foi com muita eficiência ofensiva que o Bragantino reencontrou o caminho das vitórias neste sábado, no Nabi Abi Chedid. A equipe de Bragança Paulista venceu por 2 a 1 o América-RN, em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e respirou aliviado na luta contra a degola. A equipe agora ocupa a 14ª colocação na tabela. Os gols foram marcados por Mota e Léo Jaime. Rodrigo Pimpão descontou no finalzinho.

Bragantino respira na Série B
Bragantino respira na Série B
Foto: Fabio Moraes / Lancepress!

Se um time respira aliviado, o outro está cada vez mais sufocado na parte de baixo da tabela. O revés deixou o time potiguar no 17º lugar na tabela e sentenciou a crise no clube, que não vence há três rodadas. O próximo adversário do América-RN é o Vasco, na Arena das Dunas. Mais uma pedreira para uma equipe que precisa urgentemente voltar a vencer.

Enquanto isso, mais "tranquilo", o Bragantino visita o Sampaio Corrêa em São Luís do Maranhão. O clube do nordeste brasileiro aparece em nono lugar na tabela e não dará vida fácil à equipe do interior paulista.

A partida começou disputada e os donos da casa conseguiram abrir o placar apenas aos 37min, quando Lázaro tocou com as mãos na bola dentro da grande área. O juiz não hesitou em marcar pênalti a favor do Bragantino. Na cobrança, Sandro não desperdiçou e anotou seu quinto gol na Série B do Campeonato Brasileiro.

Com um a mais na segunda etapa, já que Walber, do América-RN, foi expulso no final do primeiro tempo, o Bragantino conseguiu ampliar aos 27min. Luisinho, que entrou no decorrer da partida, recebeu na direita, driblou o zagueiro e ficou em ótimas condições para cruzar desde a linha de fundo. Sem hesitar, ele tocou para Mota na grande área. Bem posicionado, o camisa 9 não perdeu a chance de ampliar e mandou para o fundo das redes.

Com o artilheiro Rodrigo Pimpão, os potiguares ainda conseguiram amenizar o resutlado. Aos 38min, depois de cobrança de escanteio, o avançado esperou o corta-luz na grande área e empurrou a bola para o fundo das redes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade