PUBLICIDADE
Logo do

América-MG

Meu time

Lisca afirma que "teme por sua vida" e apoia paralisação do Campeonato Mineiro

22 mar 2021 20h29
| atualizado às 20h29
ver comentários
Publicidade

A equipe do Gazeta Esportiva conversou com o técnico Lisca na tarde desta segunda-feira sobre a situação do futebol mineiro após a paralisação estadual. Ele demonstrou preocupação com a situação no país e disse temer pela própria vida ao lembrar de outros técnicos que passaram por dificuldades com a doença.

O comandante do América-MG relembrou um apelo que fez para que os jogos da Copa do Brasil fossem adiados, por conta das longas distancias que os times precisam percorrer para jogar em outros estados.

"Segundo minhas informações, as tendência de contaminação em aeroportos, aviões e até ônibus são altas. Já estourou no América também. Já tivemos 11 casos só nesse ano", declarou.

Quando perguntado se achava que sua vida está em risco e se temia, o treinador foi direto: "Com certeza. Tenho visto colegas perdendo a vida, como Ruy Scarpino, Renê Weber, Marcelo Veiga, a mãe do treinador Marquinhos Santos. Falamos com as autoridades de saúde e eles não sabem explicar como se pega covid-19, onde se detecta essa doença(…)".

"Vou ser sincero, essa é a hora de cuidarmos da saúde. Precisamos esperar abaixar esse ritmo frenético de contaminação. Estou de acordo com o que as autoridades de saúde falam", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade