PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Alemã

Favoritar Time

Lothar Matthäus coloca Alemanha entre favoritas para vencer a Copa do Mundo

4 jul 2022 - 20h15
(atualizado às 20h15)
Ver comentários
Publicidade

Um dos maiores jogadores da história das Copas do Mundo, o alemão Lothar Matthäus fez suas projeções para o mundial que será disputado neste ano. O ex-atacante vê a Alemanha como favorita e reconhece que ela pode competir de igual para igual com as principais seleções do torneio.

Com 25 jogos disputados, Matthäus é o atleta que mais entrou em campo em partidas de Copa do Mundo e, assim, se tornou embaixador da Copa do Catar de 2022.

Em aposta patriota, o alemão jogou suas fichas na Seleção Alemã, mas chamou a atenção para as performances abaixo da média em competições recentes.

"A Alemanha está sempre entre as favoritas. No entanto, nos últimos dois grandes torneios, não tivemos um bom desempenho. Espero que tenhamos aprendido com esses maus resultados. Acredito que temos um time capaz de jogar bem contra grandes nações como Brasil, Argentina, Inglaterra e França. Temos um enorme potencial, um bom espírito de equipe e uma boa mistura de jogadores experientes e jovens. Acho que o time também percebeu que tem que atuar como uma unidade novamente - o que é algo que sempre torna muito difícil jogar contra a Alemanha", afirmou o ex-atacante.

Localização

Aos 61 anos, o campeão da Copa do Mundo de 1990 como capitão falou, ainda, sobre o local da atual edição. Disputado no Catar, o mundial deste ano pode ser, segundo Matthäus, benéfico aos jogadores pelas distâncias menores.

"Com menos viagens, os jogadores podem se concentrar totalmente no futebol. Isso pode ajudar a obter esse 1% extra ou mais dos jogadores. Será uma experiência diferente para muitos jogadores, embora hoje em dia estejam sempre tão bem preparados e cuidados", disse.

Ainda de acordo com o ex-jogador, outro fator positivo é levar a Copa do Mundo para um ambiente novo. Esta será a primeira edição realizada no Oriente Médio.

"Isso é muito importante. Estive na Copa do Mundo de 2010 na África do Sul, que foi a primeira Copa do Mundo no continente africano. Também tivemos uma Copa do Mundo no Japão e na Coréia do Sul em 2002. Acho que todo continente tem o direito de sediar uma Copa do Mundo em algum momento. Sei que há muito entusiasmo pelo futebol no Qatar e as pessoas estão ansiosas por esta Copa do Mundo. Tenho certeza de que será uma grande celebração do futebol no Qatar no final deste ano".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade