PUBLICIDADE

Yellen diz que taxas mensais de inflação vão arrefecer até fim de 2021

4 ago 2021 16h02
| atualizado às 16h59
ver comentários
Publicidade

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, disse nesta quarta-feira prever que as taxas mensais de inflação diminuirão até o fim de 2021, mesmo que as leituras anuais permaneçam elevadas devido a persistentes efeitos de comparação decorrentes da pandemia.

Janet Yellen, secretária do Tesouro dos EUA 
23/06/2021
Shawn Thew/Pool via REUTERS
Janet Yellen, secretária do Tesouro dos EUA 23/06/2021 Shawn Thew/Pool via REUTERS
Foto: Reuters

Falando a repórteres após visita a uma agência de serviços sociais em Atlanta, Yellen repetiu sua visão de que a inflação atualmente alta é um efeito transitório de gargalos de oferta e mudanças na demanda de gastos causados pela pandemia e recuperação.

"Mesmo que as taxas mensais (de inflação) caiam, veremos taxas anuais um pouco elevadas por algum tempo. Mas minha expectativa é de que, até o fim do ano, as taxas mensais caiam a um ritmo consistente com a interpretação do Fed de estabilidade de preços", disse Yellen.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade