0

Wall St fecha em alta com rali em ações de tecnologia apesar de dados mistos

24 set 2020
17h26
atualizado às 18h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Wall Street fechou em alta a volátil sessão desta quinta-feira, com as ações de tecnologia ganhando força depois de dados mostrando um salto na venda de novas residências reavivarem a fé na recuperação econômica, a despeito do inesperado aumento nos pedidos de seguro-desemprego nos EUA.

Trabalhadores usam máscaras no primeiro dia de negociação presencial desde o fechamento da trading floor por causa do coronavírus, em Nova York, EUA, 26 de maio de 2020. REUTERS/Brendan McDermid
Trabalhadores usam máscaras no primeiro dia de negociação presencial desde o fechamento da trading floor por causa do coronavírus, em Nova York, EUA, 26 de maio de 2020. REUTERS/Brendan McDermid
Foto: Reuters

As ações também reagiram positivamente a notícias de esforços para viabilizar novos estímulos em Washington, o que ajudou a levar o S&P 500 à máxima da sessão, mas o índice chegou a virar para negativo posteriormente antes de fechar em leve alta.

Apple, Amazon.com, Nvidia e Facebook, ações que têm tido desempenho superior à média em um momento de crescente incerteza econômica, subiram.

A sessão turbulenta indicou latente cautela, disse Dennis Dick, operador da Bright Trading LLC, alertando que o sentimento do mercado mudou drasticamente.

"O medo de perder oportunidade se transformou em medo de perder dinheiro", afirmou o operador. "É uma sacudida nos operadores Robinhood (que operam via aplicativo que não cobra taxas), nos investidores de varejo. Eles estão sendo punidos e com razão, porque você não pode simplesmente comprar ações pensando que elas só vão subir."

Democratas na Câmara dos Deputados dos EUA estão trabalhando em um pacote de estímulo de 2,2 trilhões de dólares para combate aos efeitos do coronavírus e que pode ser votado na próxima semana, disse um importante parlamentar, enquanto a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, reiterou estar pronta para negociar com a Casa Branca.

Wall Street começou o dia em baixa, após dados de pedidos de seguro-desemprego. O S&P 500 por um instante ficou 10% abaixo do pico recorde intradiário alcançado em 2 de setembro pela segunda vez nos últimos dias.

Dados mostraram que 870 mil norte-americanos solicitaram auxílio-desemprego na semana encerrada em 19 de setembro, ante 866 mil na semana anterior.

O índice para ações de construtoras aumentou 0,73%, depois que o Departamento de Comércio informou que as vendas de novas residências atingiram em agosto seu nível mais alto em quase 14 anos.

O Dow Jones subiu 0,20%, para 26.815,44 pontos, o S&P 500 teve alta de 0,30%, para 3.246,59 pontos, e o Nasdaq Composite avançou 0,37%, a 10.672,27 pontos.

Veja também:

BPFron detém passageiro de ônibus com 23 quilos de haxixe, em Cascavel
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade