2 eventos ao vivo

Veja seis dicas para sua empresa aparecer melhor no Google

Saiba como posicionar melhor a página na ferramenta de busca mais importante da internet. E, com isso, aumentar a visibilidade e angariar no

  • separator
  • 0
  • comentários

Assim como numa loja física, na internet a localização também é fundamental. Não, claro, o endereço propriamente dito, mas a localização em sites de busca – Google, principalmente. Isso vale para qualquer empresa que esteja na web, e ainda mais para quem trabalha com comércio eletrônico.

Blog: DRE responde várias perguntas sobre uma empresa

No “mundo real”, estar em lugar privilegiado tem um preço: o aluguel, nas ruas e bairros mais movimentados, é quase sempre mais caro. Já no universo virtual é possível conseguir bom posicionamento sem desembolsar grandes somas. Veja abaixo algumas orientações.

Foto: TijanaM / Shutterstock

Crie sites leves
As animações em flash, se usadas em excesso, provocam um prejuízo duplo. Um: o Google leva em consideração o tempo que uma página demora para ser carregada (nesse sentido, fotos muito pesadas também são um empecilho). Outro: o buscador não lê páginas produzidas com animação. Se o site da empresa tiver esse tipo de linguagem em excesso, vai despencar na lista de resultados. Páginas produzidas em HTML são mais funcionais e rendem mais cliques.

Foto: Vasin Lee / Shutterstock

Organize sua página
Sites bem distribuídos, com abas claras e sem pop-ups, têm duas vantagens: são bem avaliados pela ferramenta de busca, e, depois que o usuário entra no site, tende a permanecer mais tempo navegando. Um website com textos curtos e diretos e fotos informativas ajudam a reforçar a imagem da empresa junto ao consumidor. No texto, frases marcadas com links que levam a outras páginas do site são extremamente úteis.

Foto: JMiks / Shutterstock

Seja objetivo nos títulos
Esta dica começa pelo próprio endereço do site, que precisa ser autoexplicativo. E segue por cada um dos títulos da página da empresa. Uma chamada na linha “Os melhores produtos que você já viu” tem baixíssima eficácia comparada a algo como “Móveis artesanais criados sob medida e parcelados no cartão”. É bom que as URLs tenham até 60 caracteres e sejam coerentes com o título da página.

Foto: Fred Cardoso / Shutterstock

Escolha bem as palavras-chave
Expressões bem selecionadas, que descrevam exatamente a área de atuação da companhia e as características mais marcantes de seus produtos são fundamentais. Mas não exagere: colocar palavras-chave no texto todo ou escondê-las usando letras com a mesma cor do fundo são estratégias que rendem penalidades e rebaixam a relevância. “A palavras-chave funcionam para direcionar a arquitetura e o conteúdo do site”, afirma Will Trannin, diretor executivo da SEO Master, especializada em otimização de sites. “Nunca utilize uma estratégia que pense somente em palavras-chave e mecanismos de busca e esqueça do usuário.” 

Foto: Bloomua / Shutterstock

Tenha cuidado com a descrição das fotos
Além de não serem pesadas demais, as imagens precisam ganhar nomes os mais descritivos possíveis. O Google não lê imagens, o que cria um problema grave para sites que dependem bastante delas. Uma página de uma agência de turismo, por exemplo, depende muito de fotos de qualidade. Se o desenvolvedor não tomou o cuidado de descrever os arquivos de maneira precisa, a página pode ficar esquecida na web.

Foto: Toria / Shutterstock

Seja relevante
Ao elaborar o conteúdo de uma página, todo desenvolvedor precisa pensar: o que eu procuro nos sites das outras empresas? Um website em que a empresa desfile autoelogios e informações incorretas e pouco específicas não chama atenção – nem do usuário, nem das ferramentas de busca. Já conteúdos exclusivos e relevantes ganham espaço. Torna-se mais impactante, por exemplo, uma loja de roupas que produz artigos sobre as novas tendências da moda ou publica guias para ajudar os usuários a fazer nós de gravata. Além disso, quando a loja é citada por artigos na imprensa on-line e as reportagens dão o link para o site oficial da empresa, a companhia ganha espaço. “Os principais fatores que diferenciam uma página bem ranqueada são tecnologia, conteúdo e autoridade”, diz Will Trannin. “No mundo digital, a autoridade está associada a quantas vezes um site é ‘falado’ em outros sites com grande autoridade.”

Fonte: PrimaPagina
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade