0

Unica: com 20 usinas em operação, moagem soma 1,591 mi de t na 1ª quinzena

26 mar 2019
11h32
  • separator
  • comentários

Ribeirão Preto, 26 - Com 20 unidades em operação, ante 50 em igual período de 2018, usinas e destilarias do Centro-Sul do Brasil processaram 1,591 milhão de toneladas de cana-de-açúcar na primeira quinzena de março da safra 2018/2019. O volume é 53,48% menor que o total de 3,421 milhão de toneladas moído em igual período da safra passada, informou a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), em levantamento divulgado nesta terça-feira, 26. "A menor moagem se deve ao menor número de unidades em operação neste ano e ao clima mais chuvoso no início de março, o que dificultou a operacionalização da colheita", informou Antonio de Padua Rodrigues, diretor Técnico da entidade, em comunicado.

Com o resultado, nos 11 meses e meio do período atual, iniciado em 1º de abril de 2018, o processamento atingiu 566,046 milhões de toneladas, queda de 3,82% sobre igual intervalo da safra passada, quando foram processadas 588,556 milhões de toneladas de cana.

Com 93,95% da oferta total de cana destinada ao etanol e apenas 6,05% ao açúcar, a fabricação do biocombustível somou 142 milhões de litros na primeira quinzena de março, queda de 23,41% ante a oferta de igual período da safra passada de 185 milhões de litros. Na primeira metade do mês foram produzidos 147 milhões de litros de hidratado, queda de 42,36% sobre o volume de 255 milhões de litros de igual período de 2018. Além disso, 5 milhões de litros de anidro estocados foram transformados em hidratado para atender a demanda por esse tipo de etanol utilizado diretamente nos tanques.

Com 64,65% do mix de destino, no acumulado da safra 2018/2019 30,567 bilhões de litros de etanol foram produzidos, aumento de 19,11% sobre igual período do ano passado. Do volume total de etanol fabricado até 16 de março, 21,466 bilhões de litros foram de hidratado, alta de 42,98%, e 9,100 bilhões de litros de anidro, recuo de 12,80% ante o mesmo período da safra passada.

A produção de etanol de milho foi de 52,76 milhões de litros na primeira quinzena de março, o maior volume quinzenal já apurado no País, segundo a Unica. A produção total de etanol de milho é de 745,05 milhões de litros no ciclo 2018/2019, alta de 52% sobre o total de 490,14 milhões de litros de igual período da safra passada.

A produção de açúcar foi de apenas 9 mil toneladas na metade inicial deste mês, queda de 80,95% sobre igual período de 2018, de 48 mil toneladas, e acumula 26,377 milhões de toneladas na safra, recuo de 26,51% ante 2017/2018.

O teor de sacarose na cana, medido na quantidade de Açúcar Total Recuperável por tonelada processada (ATR/t), foi de 99 quilos (kg) na primeira quinzena de março, 11,91% superior ao de igual período da safra passada. No acumulado da safra, o teor de sacarose está em 138,36 kg de ATR/t, alta de 1,01% sobre 2017/2018.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade