0

Senado aprova congelamento de medicamentos e planos de saúde

Segundo a proposta, remédios e planos de saúde não poderão sofrer reajuste por 120 dias. Projeto segue para aprovação da Câmara

2 jun 2020
21h33
atualizado às 22h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Plenário do Senado
13/12/2016
REUTERS/Adriano Machado
Plenário do Senado 13/12/2016 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

O plenário do Senado aprovou uma proposta que suspende por até 120 dias o reajuste dos preços dos medicamentos e de planos de saúde, informou a Agência Senado na noite desta terça-feira (02).

O projeto segue agora para apreciação da Câmara dos Deputados.

No fim de março, o governo federal anunciou ter fechado um acordo com a indústria farmacêutica para adiar por 60 dias o aumento nos preços de medicamentos previsto para entrar em vigor no começo de abril, em meio ao avanço da pandemia de coronavírus.

 

 

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade