PUBLICIDADE

Risco fiscal ganhará mais atenção global daqui para frente, diz Campos Neto

22 abr 2024 - 11h52
Compartilhar
Exibir comentários

Riscos fiscais ganharão mais espaço no foco internacional daqui para frente, com investidores de olho na sustentabilidade da dívida tanto no Brasil quanto no resto do mundo, disse o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, nesta segunda-feira.

Campos Neto disse em evento organizado pela Legend Investimentos que a realidade fiscal dos países está "descolada" da política monetária em todo o mundo, citando como exemplo EUA, Japão e Europa.

Entre os mercados emergentes, ele afirmou que o Brasil está "um pouquinho pior que a média" na questão das contas públicas e defendeu que é preciso achar soluções privadas para sair dessa crise fiscal, tanto globalmente quanto localmente.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade