PUBLICIDADE

RH no metaverso: o engajamento começa no recrutamento

Com o crescimento do metaverso, as empresas estão descobrindo uma nova forma de se conectar com talentos

21 jul 2023 - 06h10
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Adobe Stock / Montagem Homework

O mundo está em constante evolução e com os avanços tecnológicos o RH no metaverso já é uma realidade. Além de tornar os processos seletivos mais rápidos e dinâmicos, o lado lúdico e interativo no ambiente virtual vem superando as expectativas.

O metaverso é um espaço virtual compartilhado onde as pessoas podem interagir em um ambiente digital tridimensional. Nele, podemos criar avatares, explorar cenários virtuais e interagir em tempo real.

É um ambiente expansivo com várias possibilidades, como jogos, comércio virtual e colaboração em projetos. O metaverso está em desenvolvimento e busca proporcionar experiências imersivas, interações sociais e novas formas de trabalho e entretenimento.

De olho nas tendências tecnológicas de engajamento desde a pandemia de Covid-19, empresas como a Nike, Renner e Tim Brasil já exploram o metaverso para atrair pessoas consumidoras, através de jogos que permitem personalização de avatares e passeios virtuais, por exemplo.

Com o crescimento do metaverso, as empresas estão descobrindo uma nova forma de se conectar com talentos e promover uma cultura organizacional envolvente.

O RH desempenha um papel fundamental nessa nova realidade, pois é responsável por atrair, recrutar e manter excelentes profissionais para impulsionar o sucesso da organização.

Com o crescimento do metaverso, o departamento de Recursos Humanos enfrenta novos desafios e oportunidades para atrair e engajar talentos.

A importância do RH no metaverso é tão grande que é considerada uma ação estratégica de employer branding, buscando estimular o engajamento desde o primeiro contato da pessoa candidata com a marca empregadora.

A Companhia de Estágios, um dos principais players de recrutamento e seleção do país, já implantou o metaverso no processo seletivo da empresa. A empresa conta com uma base de mais de 1 milhão de jovens e é responsável por programas de entrada em várias empresas renomadas, como Amazon, Twitter e Scania.

Veja como o RH no metaverso consegue impactar as pessoas candidatas:

E para quem pensa que o metaverso é só para a nova geração, saiba que tem uma galera mais madura altamente engajada nesse universo virtual, unindo experiência com tecnologia.

Em uma entrevista ao canal Educa ABERJ, Helena Monteiro, Sócia-Diretora, Consultora de RH, Headhunter e Psicopedagoga da IMPARH Assessoria, fala sobre as perspectivas do RH no metaverso. Confira:

O RH no metaverso tem a oportunidade de criar experiências únicas. Imagine! Em um processo de seleção, as pessoas podem participar de entrevistas virtuais em ambientes simulados que refletem a cultura e os valores da empresa.

Podem interagir com outras pessoas funcionárias virtuais, explorar o escritório digital, participar de projetos colaborativos e testar habilidades em jogos virtuais que simulam desafios específicos da função.

Essas experiências imersivas ajudam as pessoas candidatas a terem uma visão realista da empresa e avaliar se estão alinhadas com a cultura organizacional.

Engajamento é inclusão

Dentro da proposta de engajamento, o metaverso oferece oportunidades para promover a diversidade e a inclusão.

Ao criar ambientes virtuais, as empresas podem construir espaços seguros e acolhedores para as pessoas, independentemente de sua origem, gênero ou habilidades. Elas podem ser representadas por avatares personalizados.

Essa igualdade de oportunidades contribui para a formação de equipes mais diversas e inovadoras.

Como manter o engajamento na empresa

Uma vez que as pessoas são recrutadas e integradas à empresa no metaverso, o engajamento se torna uma prioridade.

O RH deve criar programas e atividades que promovam a conexão virtual entre colaboradores. Isso pode incluir eventos sociais virtuais, reuniões de equipe em ambientes virtuais imersivos, treinamentos em realidade virtual e oportunidades de networking com colegas de diferentes partes do mundo.

O RH no metaverso oferece uma amplitude de possibilidades para engajar de forma criativa e impactante. No entanto, é importante ressaltar que o mundo virtual não substitui totalmente o mundo físico. O equilíbrio entre os diferentes tipos de  interações é essencial para criar uma experiência de trabalho significativa.

O RH deve garantir que cada pessoa tenha a oportunidade de se conectar com outras, seja através de encontros presenciais ocasionais, eventos corporativos ou espaços físicos de trabalho compartilhados.

O RH no metaverso representa uma nova fronteira para a gestão de pessoas. Atrair e engajar talentos em um ambiente virtual imersivo requer uma abordagem inovadora e adaptativa.

O recrutamento com o RH no metaverso proporciona experiências envolventes que ajudam as pessoas  candidatas a tomarem decisões mais informadas sobre suas carreiras, ao passo que o engajamento contínuo fortalece os vínculos entre as pessoas  funcionárias e a empresa.

À medida que o metaverso continua a se desenvolver, o RH terá a oportunidade de explorar novas formas de criar valor e impulsionar o sucesso das organizações no mundo digital.

Campanhas de incentivo no metaverso

Uma das propostas mais promissoras para promover o engajamento de equipes dentro de uma empresa é o incentivo. Com ações geridas pelo RH, juntamente com o marketing, é possível criar campanhas com essa finalidade.

Se sua empresa já realiza campanhas de incentivo, seja para aumentar o engajamento entre equipes ou para qualquer outro resultado, invista em ações no metaverso.

Em meu artigo "Marketing no metaverso para campanhas de incentivo", abordo 10 tendências relevantes. Por que não adaptar algumas dessas tendências para campanhas de engajamento?

Veja algumas possibilidades:

  • • Avatares em 3D para colaboradores interagirem entre as equipes no ambiente virtual em campanhas de incentivo;
  • • Premiação em criptomoedas (bitcoins ou outros ativos digitais) para equipes de colaboradores e vendedores que baterem as metas;
  • • Entretenimentos diversos no metaverso;
  • • Investimentos financeiros de criptomoedas e de NFTs (tokens não fungíveis) através de agências virtuais;
  • • PDV virtual para treinamento e capacitação de de colaboradores, simulando o ponto de venda real;
  • • Gamificação no metaverso para otimizar a participação de colaboradores, através de jogos, capacitação e muito mais.

O futuro do RH

O futuro do RH está se expandindo para além do mundo físico, abrindo caminho para uma nova era de gestão de pessoas no metaverso e desempenhando um papel crucial no engajamento de talentos desde o recrutamento.

Através de experiências imersivas e personalizadas, o RH pode atrair e selecionar pessoas alinhadas com a cultura organizacional, ao mesmo tempo que promove a diversidade e a inclusão.

Uma vez dentro da empresa, o engajamento no metaverso pode ser fortalecido através de programas e atividades que conectam colaboradores virtualmente.

E se você quer implantar campanhas de incentivo com tecnologia de ponta em sua empresa, a Premmiar é uma plataforma especialista no assunto com soluções inovadoras.

Compartilhe esse artigo com o time de RH e tenha muito sucesso no metaverso!

Este artigo foi escrito primeiramente para o blog da Premmiar, plataforma digital de premiação e recompensas, empresa parceira do Homework.

(*) Laíze Damasceno é jornalista, escritora, LinkedIn Top Voice, especialista em conteúdo humanizado e fundadora do Marketing de Gentileza. Através de consultorias, treinamentos e criação de conteúdo, ajuda marcas a serem mais humanas, gentis, influentes e prósperas.

Homework Homework
Compartilhar
Publicidade
Publicidade