PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

PIS/Pasep: pagamentos de 4º lote começam nesta 4ª; benefício foi antecipado para trabalhadores do RS

R$ 4,45 bilhões serão liberados nesta fase para 4,4 milhões de pessoas, segundo a Caixa

15 mai 2024 - 10h55
Compartilhar
Exibir comentários

O quarto lote do abono salarial PIS/Pasep começa a ser pago a partir desta quarta-feira, 15. O pagamento será antecipado para os trabalhadores que moram em uma das cidades afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. Dados da Caixa apontam que R$ 4,45 bilhões serão liberados nesta fase para 4,4 milhões de pessoas.

Serão pagos R$ 4,45 bilhões nessa fase para 4,4 milhões de pessoas.
Serão pagos R$ 4,45 bilhões nessa fase para 4,4 milhões de pessoas.
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil / Estadão

O lote será pago a trabalhadores da iniciativa privada, nascidos em maio e junho, por meio do Programa de Integração Social (PIS), pago pela Caixa Econômica Federal. Para os servidores públicos, o benefício será disponibilizado para aqueles, que tenham no final da inscrição os números 4 e 5, pelo Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), no Banco do Brasil.

Nas cidades gaúchas em estado de calamidade pública, mais de R$ 726 milhões serão pagos de forma antecipada para 702 mil trabalhadores que fazem aniversário de julho a dezembro. O valor do abono salarial vai de R$ 118 a R$ 1.412, conforme a quantidade de meses trabalhados em 2022, ano-base para o pagamento do benefício em 2024. O saque pode ser feito até o dia 27 de dezembro deste ano.

Quem tem direito ao abono salarial?

O abono salarial é pago para trabalhadores cadastrados no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e que receberam, de empregadores que contribuem para os programas, uma média de até dois salários mínimos mensais em 2022. É preciso ainda que os dados relativos ao ano-base tenham sido informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou no e-Social.

Como receber o PIS?

O PIS é pago pela Caixa. O dinheiro é liberado automaticamente nas contas corrente ou poupança de clientes do banco, conforme seu mês de aniversário. Os demais trabalhadores podem ser pagos por meio do aplicativo Caixa Tem. Caso o beneficiário não tenha a poupança social digital, ser feito com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, Caixa Aqui ou agências, seguindo o calendário do benefício.

Como receber o Pasep?

Os servidores, que tenham conta corrente ou poupança no Banco do Brasil, recebem o benefício automaticamente, desde que tenham trabalhado no ano-base de 2022. Os demais beneficiários têm as opções de fazer a transferência por TED para conta de sua titularidade em terminais de autoatendimento e portal do Banco do Brasil ou no guichê de caixa das agências, mediante apresentação de documento oficial de identidade.

Quando os demais trabalhadores vão receber?

Os pagamentos são divididos em seis lotes, baseados no mês de nascimento, no caso do PIS, e no número final de inscrição, no caso do Pasep. O dinheiro será depositado nas datas de liberação dos lotes e poderá ser sacado até 27 de dezembro de 2027. Após esse prazo, será necessário aguardar a convocação especial do Ministério do Trabalho. Veja o calendário abaixo.

Calendário de Pagamento

PIS (para trabalhadores de empresas privadas)

Agente pagador: Caixa Econômica Federal

Nascidos em - Recebem a partir de

  • Maio e junho - 15/05/2024
  • Julho e agosto - 17/06/2024
  • Setembro e outubro - 15/07/2024
  • Novembro e dezembro - 15/08/2024

Pasep (para quem trabalhou em empresas públicas)

Agente pagador: Banco do Brasil

Final da inscrição - Recebem a partir de

  • Final 4 e 5 - 15/05/2024
  • Final 6 e 7 - 17/06/2024
  • Final 8 - 15/07/2024
  • Final 9 - 15/08/2024
  • Como consultar?

As informações relativas ao abono salarial PIS/Pasep podem ser acessadas pelo portal Gov.br e também pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital. Veja o passo a passo abaixo.

Pelo portal Gov.br

  • Acesse o site para a consulta neste link.
  • Realize o login com os dados cadastrados no portal Gov.br. Caso não tenha conta, é possível fazer o cadastro neste link.
  • Clique em "Abono Salarial" para fazer a consulta.

Pelo aplicativo Carteira de Trabalho Digital

  • Baixe o aplicativo Carteira de Trabalho Digital no celular ou tablet. Se já tiver o aplicativo, ele precisa estar atualizado.
  • Realize o login com os dados cadastrados no portal Gov.br. Caso não tenha conta, é possível fazer o cadastro neste link.
  • A tela inicial mostrará uma faixa chamada de "Abono Salarial 2023?. Clique no botão "Consultar" para realizar a consulta.
  • Caso não veja a faixa, clique no menu, localizado na parte inferior da tela, depois em "Benefícios" e, por fim, em "Abono Salarial".

Outras informações poderão ser solicitadas nos canais de atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego e nas unidades das Superintendências Regionais do Trabalho, pelo telefone 158 ou pelo e-mail trabalho.uf@economia.gov.br (substituindo "uf" pela sigla do Estado de domicílio do trabalhador).

Serão pagos R$ 4,45 bilhões nessa fase para 4,4 milhões de pessoas.
Serão pagos R$ 4,45 bilhões nessa fase para 4,4 milhões de pessoas.
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil / Estadão
Estadão
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade