0

Ouro fecha em queda, com menos busca por segurança no mercado internacional

15 nov 2019
16h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Os contratos futuros do ouro fecharam em queda a sessão desta sexta-feira, 15, com uma menor busca por segurança no mercado internacional, em meio a sinais de avanço nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

O ouro para dezembro fechou em baixa de 0,33%, a US$ 1.468,50 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex). Já comparação semanal, o metal precioso registrou alta de 0,38%.

O secretário de Comércio americano, Wilbur Ross, disse hoje à Fox Business que um acordo comercial entre Washington e Pequim será feito "com toda possibilidade", caso seja o "acordo certo". Ross também afirmou que o presidente americano, Donald Trump, não concordou em remover tarifas impostas à China, mas declarou que a chamada "fase 1" do acordo comercial será "o primeiro grande passo" para um entendimento entre os dois países.

Na noite de ontem, o diretor do Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow, também comentou o assunto e disse que Estados Unidos e China estão "chegando perto" de se entender, mas que Trump ainda não está pronto para assinar o acordo.

Na avaliação do analista de metais preciosos do Commerzbank Daniel Briesemann, no entanto, o apetite por risco desencadeado no exterior por esses comentários é exagerado. "A situação pode parecer bem diferente amanhã de novo. Em muitos casos, um tuíte de Trump foi suficiente para destruir todas as esperanças novamente", afirma. "Portanto, prevemos uma sólida demanda por ouro devido à incerteza em curso", completa Briesemann.

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade