PUBLICIDADE

Lira: Reforma administrativa deve ser aprovada até junho

Cronograma de votações inclui também o Orçamento de 2021 e PEC emergencial, segundo o presidente da Câmara

22 fev 2021 14h32
| atualizado às 14h46
ver comentários
Publicidade

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta segunda-feira, 22, que o cronograma de votações de matérias prioritárias inclui a aprovação da reforma administrativa no primeiro semestre, e do Orçamento de 2021 em março, além da PEC emergencial no mesmo mês, assim que for encaminhada pelo Senado.

02/02/2021
REUTERS/Adriano Machado
02/02/2021 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Sobre a PEC emergencial, que traz uma cláusula para quando estiver em vigor o estado de calamidade e tem votação prevista para esta quinta-feira no Senado, Lira afirmou, no Twitter, que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) terá "tramitação prioritária e votação em março", "desde que ouvidos os líderes democraticamente".

Na publicação no Twitter, o deputado afirmou que o Orçamento trará "proposta de desvinculação total de receitas" e estará "até 25 de março no plenário".

Ainda segundo Lira, a reforma administrativa começa a tramitar e tem previsão de ser aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa ainda em março.

"No plenário, antes do fim do primeiro trimestre", publicou.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade