1 evento ao vivo

IPO da Quero-Quero sai no centro da faixa estimada, movimenta R$2,2 bi

6 ago 2020
20h07
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A rede de varejo de material de construção e artigos para o lar Quero-Quero precificou sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a 12,65 cada, no centro da faixa indicativa de 11,30 a 14 por ação, segundo informações publicadas no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira.

Na oferta secundária foram vendidas 154.300.318 ações, movimentando 1,95 bilhão de reais. A gestora norte-americana de fundos de private equity Advent International é vendedora.

Na oferta primária --cujos recursos vão para o caixa da empresa-- foram vendidas 22.123.894 ações, com volume financeiro de 280 milhões de reais. Com isso, a operação movimentou pouco mais de 2,2 bilhões de reais.

No prospecto preliminar da oferta, a Quero-Quero afirmara que usaria os recursos da oferta primária para abrir e reformar lojas, investir em centros de distribuição e reforçar o capital de giro.

A Reuters havia publicado mais cedo, citando fontes, que a operação saiu a 12,65 reais por ação.

Veja também:

Senadora Simone Tebet (MDB-MS) defende representatividade mínima de 30% de mulheres na direção dos partidos
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade