PUBLICIDADE

Guedes pede compreensão e ajuda para problema de precatórios

Ministro defende Bolsa Família "mais robusto", mas lembra que expansão do programa fica inviável com conta de R$ 90 bilhões em precatórios

15 set 2021 10h45
| atualizado às 10h52
ver comentários
Publicidade
Precisamos de compreensão e ajuda para resolvermos problema dos precatórios, diz Guedes
02/09/2021. 
REUTERS/Adriano Machado
Precisamos de compreensão e ajuda para resolvermos problema dos precatórios, diz Guedes 02/09/2021. REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quarta-feira, 15, que é necessário compreensão e ajuda para o governo resolver o problema dos precatórios, expressando confiança de que isso será feito em conjunto com o Legislativo e Judiciário.

Ao participar virtualmente do Encontro do Movimento Pessoas à Frente, Guedes frisou ser importante que os Poderes tenham conversas regulares, principalmente quando a tomada de decisão de um impacta o outro, como no caso dos precatórios.

"Se o Executivo tem limitação de gastos, é inconsistente juridicamente que outro poder o obrigue a romper a lei", afirmou.

Guedes defendeu ainda que o governo deve um Bolsa Família mais robusto para população brasileira, mas disse que a expansão do programa fica inviável com a conta de R$ 90 bilhões em precatórios para o ano de 2022.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade