2 eventos ao vivo

Governo propõe outorga mínima de 1 centavo em leilão da Ferrogrão

31 out 2017
13h21
  • separator
  • 0
  • comentários

O governo federal fixou em 1 centavo o valor mínimo da outorga no leilão de concessão da Ferrogrão, que deve ocorrer no ano que vem, segundo consta da minuta de edital disponibilizada nesta terça-feira pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

O vencedor do leilão será aquele que oferecer ao governo federal o maior valor de outorga. Quem vencer a disputa terá de construir e operar a ferrovia de cerca de mil quilômetros que ligará Sinop (MT) ao porto de Miritituba, no Pará. A construção da ferrovia deve demandar investimentos avaliados em cerca de 12 bilhões de reais.

A minuta de edital propõe prazo de 65 anos para a concessão. Durante esse período, o governo estima em cerca de 14,7 bilhões de reais a soma total das receitas a serem obtidas pelo concessionário. O cálculo tem como base números de 2015.

As receitas viriam da cobrança de tarifas como transporte, direito de passagem e tráfego mútuo, além da exploração de receitas extraordinárias.

A minuta do edital permanecerá em consulta pública até o dia 15 de dezembro.

Quando concluída, a ferrovia será um importante eixo de escoamento da safra de grãos do Centro-Oeste, embarcando as cargas no porto fluvial de Miritituba, de onde sairiam pelo norte do país rumo aos mercados compradores.

A ferrovia será também uma alternativa à BR-163, rodovia que entre fim de fevereiro e o início de março deste ano acumulou grandes filas de caminhões por conta do atoleiro causado pelas chuvas em um trecho não asfaltado, gerando prejuízos milionários no escoamento da soja.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade