PUBLICIDADE

Faturamento alto faz mercado fitness apostar em franquias

Segmentos do mundo fitness são a nova aposta para investidores brasileiros em busco de lucro alto

24 set 2022 - 06h10
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Adobe Stock

A pandemia foi um divisor de águas na busca das pessoas por uma vida mais saudável. A importância de cuidar da saúde e do corpo ganharam a importância que merecem. Com o aumento da demanda por exercícios físicos, aumentaram também as buscas por produtos para atender esse público.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), no primeiro trimestre de 2022 os segmentos de moda e saúde, beleza e bem-estar tiveram faturamentos de R$ 4,8 milhões e R$ 9,7 milhões, respectivamente, um aumento de mais de 13% comparado ao mesmo período de 2021 em ambos os setores. 

E é exatamente nesse momento em que as franquias focadas no mundo fitness começam a se destacar. 

Academia de bairro e moda fitness

Um dos destaques atuais do segmento são as redes de academias. A C4 Gym, por exemplo, aposta em uma rede que mantém o jeitão de academia de bairro. O sucesso s reflete nos números: faturamento de R$ 3,1 milhões em 2021.

O investimento inicial da academia é de pouco mais de R$ 1 milhão, com uma taxa de retorno de 20 a 24 meses e faturamento médio mensal de R$ 160 mil.

Quem também se destacou nos últimos meses foi a Zero Açucar, rede de moda fitness, que teve um faturamento de mais de R$ 8 milhões em 2021. 

A marca adotou o modelo de franquia apenas recentemente, mas prevê cerca de 80 operações nos próximos cinco anos. Com um investimento inicial a partir de R$ 280 mil, a previsão é de um faturamento médio mensal de R$ 60 mil e retorno de 22 meses.

O fast-food também pode ser saudável

Outra franquia que está se destacando em 2022 no universo finess é a Mr. Fit. Trata-se de uma rede de fast-food de alimentação saudável que em 2021 faturou nada menos do que R$ 90 milhões. Segundo a rede, a expectativa é dobrar o faturamento em 2022.

Com investimento inicial de R$ 6 mil e estimativa de faturamento de R$ 2 a R$ 20 mil, com retorno de quatro a 12 meses, a rede aposta em franqueados home based, ou seja, que trabalham de casa. 

Por essa razão, acaba se tornando uma boa opção ara MEIs, por exemplo, que querem ter uma renda extra mas não possuem capital para investimentos maiores.

Redação Dinheiro em Dia
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade