1 evento ao vivo

Ex-secretário de energia Fábio Alves é nomeado presidente da Chesf, da Eletrobras

3 mai 2018
15h54
atualizado às 16h12
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O ex-secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Fábio Lopes Alves, foi nomeado como novo presidente da Chesf, subsidiária da estatal Eletrobras na região Nordeste, informou a companhia nesta quinta-feira.

Linhas de transmissão de energia em Brasília
31/08/2017
REUTERS/Ueslei Marcelino
Linhas de transmissão de energia em Brasília 31/08/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino
Foto: Reuters

O anúncio confirma informação publicada mais cedo pela Reuters, com informação de fontes.

Alves foi exonerado do cargo no ministério a partir de 2 de maio, segundo publicação da pasta no Diário Oficial da União desta quinta-feira. O engenheiro, que teve passagens pela elétrica Celpe, de Pernambuco, e pela própria Chesf, havia assumido a posição no ministério em maio de 2016.

A saída do secretário aconteceu após a mudança no comando da pasta, agora chefiada pelo ministro Moreira Franco (MDB-RJ). Ele substituiu Fernando Coelho Filho, que entregou o cargo porque pretende disputar eleições.

O novo presidente "chega à Chesf para dar continuidade ao processo de eficientização na gestão da companhia", afirmou a estatal, em nota.

A Chesf é a maior geradora do Brasil, com mais de 10 gigawatts em capacidade instalada, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A empresa também tem presença relevante no segmento de transmissão de eletricidade.

Lopes substituirá no comando da elétrica o engenheiro Sinval Gama, que irá assumir o cargo de diretor de Operações no Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

Veja também:

BC corta Selic para 3% ao ano
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade