PUBLICIDADE
AO VIVO
Terraiá ao vivo: assista ao show do Forró da Gota direto de Salvador

Governo suspende vendas de pacotes de viagens flexíveis da Hurb

Medida foi tomada como forma de proteção aos consumidores

29 mai 2023 - 19h20
Compartilhar
Exibir comentários
Suspensão será mantida até que o Hurb apresente um plano concreto de resolução dos contratos atualmente em vigo
Suspensão será mantida até que o Hurb apresente um plano concreto de resolução dos contratos atualmente em vigo
Foto: Divulgação

A venda de novos pacotes com datas flexíveis da empresa Hurb (antigo Hotel Urbano) foi suspensa temporariamente devido a irregularidades encontradas nas práticas comerciais da companhia. A suspensão vale apenas para a venda dos chamados pacotes flexíveis, categoria em que não há uma data fixa para a realização da viagem. Os demais serviços da empresa continuam disponíveis para os clientes.

A medida foi tomada nesta segunda-feira, 29, pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) como forma de proteção aos consumidores. O objetivo é garantir a resolução dos problemas antes que novas vendas sejam realizadas.

Segundo o governo, a suspensão será mantida até que o Hurb apresente um plano concreto de resolução dos contratos atualmente em vigor, além de comprovar que as falhas identificadas foram corrigidas. A empresa também está sujeita a multa diária de cinquenta mil reais, caso não cumpra as exigências estabelecidas pela Senacon, além de outras sanções administrativas previstas no Código de Defesa do Consumidor.

Hurb em crise com o consumidor

Nos últimos meses aumentaram expressivamente os relatos de clientes da companhia em todo o Brasil por problemas como: cancelamentos de viagens sem aviso prévio, atraso no pagamento a hotéis e falta de assistência em casos de problemas durante a viagem e hospedagem. A Senacon recebeu diversas denúncias de consumidores que adquiriram pacotes turísticos do Hurb e perceberam divergências entre o que foi ofertado e o que foi entregue. 

Essas situações geraram insatisfação e prejuízo aos clientes. Até abril deste ano, já foram mais de 11 mil reclamações na plataforma. Em todo o ano de 2022, foram registradas 12.764 queixas. O índice de resolução caiu de 64,77% no ano passado para 48,05% em 2023.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade