PUBLICIDADE

Brasileiros das classes C, D e E utilizam 5% do orçamento em sites de apostas

Entre homens da região Sudeste, o índice reservado para as apostas ainda é maior; confira

2 set 2023 - 12h26
(atualizado às 12h27)
Compartilhar
Exibir comentários
Sites de apostas: uma catástrofe se desenha no esporte brasileiro e ninguém ainda se deu conta disso
Sites de apostas: uma catástrofe se desenha no esporte brasileiro e ninguém ainda se deu conta disso
Foto: Divulgação

Brasileiros das classes C, D e E utilizam pelo menos 5% do orçamento em sites de apostas. A conclusão é de uma pesquisa encomendada por um grande varejista e divulgada pela coluna de Ancelmo Gois, do jornal O Globo

Conforme a pesquisa, que perguntou aos brasileiros como eles dividem seu orçamento, entre homens da região Sudeste, o índice reservado para as apostas ainda é maior –  chega a comprometer 9% do orçamento. 

Um outro levantamento, da Futuros Possíveis, feita também em parceria com a Opinion Box e em colaboração com a Afro Esporte, entrevistou, 1.581 pessoas a partir de 16 anos que moram no Brasil e praticam esportes, com o objetivo de entender o objetivo das apostas. 

Divulgada pelo E-Investidor, a pesquisa constatou que 71% dos brasileiros que apostam (seja frequentemente ou ocasionalmente) escolhem a atividade com o objetivo de ganhar dinheiro. Neste universo, 60% pertencentes às classes C, D e E afirmaram que o objetivo é o dinheiro.

Embora objetivo principal seja ganhar dinheiro, apenas 1% dos entrevistados que ainda se envolvem com os jogos dizem que apostam mais de R$ 1 mil por mês. Os dados mostraram que 80% dos respondentes gastam até R$ 100 reais. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade