3 eventos ao vivo

BC ressalta que teste com WhatsApp para pagamentos não implica autorização

3 ago 2020
09h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Banco Central ressaltou nesta segunda-feira que os testes de pagamentos com uso do Whatsapp, aplicativo do Facebook, não implicam autorização da autoridade monetária.

26/11/2019
REUTERS/Dado Ruvic
26/11/2019 REUTERS/Dado Ruvic
Foto: Reuters

"Os testes não implicam autorização do BC, nem tampouco sinalizam decisão final nesse sentido, a qual, reiteramos, deve ser concedida tão logo sejam percorridos os trâmites do processo de autorização", afirmou o BC em nota nesta segunda-feira.

"Os testes não fazem parte do processo formal de análise do pedido das empresas para operar a referida solução de pagamentos, o qual continua sendo analisado conforme os procedimentos e prazos-padrão utilizados com outros pleitos", completou.

As bandeiras de cartões Mastercard e Visa afirmaram na sexta-feira que o BC autorizou instituições financeiras a fazerem testes de pagamentos.

O BC explicou que, no caso da Visa, informou à empresa que não há impedimento para a realização dos testes solicitados, mas esses testes não podem envolver a realização de qualquer transação real com usuários e não podem movimentar valores reais em qualquer montante.

Já em relação à Mastercard o BC explicou que ainda não houve manifestação sobre questionamentos feitos pela bandeira, "o que deverá acontecer nos próximos dias, seguindo a mesma racionalidade de pedidos de mesmo teor".

De acordo com a nota, o BC pretende concluir a análise o mais rápido possível, de modo a logo recepcionar os novos participantes no sistema de pagamentos, com a devida segurança relativa a uma saudável competição e segurança de dados dos usuários

"(O BC) considera um importante avanço o início dos testes e dá boas-vindas a todos os arranjos que desejarem seguir esse caminho", disse.

Veja também:

Limitar pagamentos de precatórios garante R$ 40 bilhões a novo programa social do governo
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade