PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Ações caem com escalada de tensões no Oriente Médio e alta de yields de Treasuries

15 abr 2024 - 18h01
Compartilhar
Exibir comentários

As ações dos Estados Unidos fecharam em forte queda nesta segunda-feira, depois que um impulso inicial ditado por um forte relatório de vendas no varejo deu lugar a um salto nos rendimentos dos Treasuries e a preocupações sobre a escalada das tensões geopolíticas entre Irã e Israel.

As ações abriram em alta em parte depois que dados mostraram que a as vendas varejistas aumentaram mais do que o esperado em março.

Mas os ganhos diminuíram devido a preocupações com a possibilidade de as hostilidades entre Israel e Irã continuarem a aumentar e a um salto dos rendimentos dos Treasuries, com a nota de dez anos atingindo seu nível mais alto desde novembro.

"Todas as questões geopolíticas causarão tensão e ansiedade no mercado, e a percepção de que os juros não cairão tão cedo deve estar finalmente se tornando evidente, e é isso que o mercado de títulos está dizendo, que os juros subirão", disse Ken Polcari, sócio-gerente da Kace Capital Advisors.

O Dow Jones caiu 0,65%, para 37.735,11 pontos. O S&P 500 perdeu 1,20%, para 5.061,82 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq teve baixa de 1,79%, para 15.885,02 pontos.

O S&P 500 recuou 2,64% nas duas últimas sessões, a maior queda em dois dias desde o início de março de 2023. O índice também fechou abaixo de sua média móvel de 50 dias, um nível de suporte técnico, pela primeira vez desde 2 de novembro.

Israel enfrentou uma pressão crescente dos aliados para mostrar moderação e evitar uma escalada do conflito no Oriente Médio, ao considerar como responder ao ataque de mísseis e drones do Irã no fim de semana, lançado após um suposto ataque israelense à sua embaixada.

Cada um dos 11 principais setores do S&P apresentou queda, com os de imóveis, que são mais sensíveis aos juros, e de serviços públicos entre os de pior desempenho.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade