0
TV

Relembre as teorias mais populares sobre 'Lost'

25 mai 2010
08h02
atualizado às 18h36

Ravi Santana

ALERTA SPOILERS: ESSE TEXTO PODE REVELAR FATOS IMPORTANTES DA TRAMA.

Desde que surgiu, em setembro de 2004, o seriado Lost instigou a imaginação de seus espectadores. A cada episódio, com misteriosas questões sobre o que estaria acontecendo naquela estranha ilha, surgiam teorias dos fãs que tentavam explicar a série. No decorrer do enredo, algumas delas se mostravam infundadas, outras acabavam ganhando mais sentido. Confira alguma das mais populares:

Era tudo fruto da imaginação de alguém:
A mais simplista e uma das primeiras teorias surgidas para entender Lost dizia que, no fundo, nada daquilo seria real. Toda a trama seria apenas um sonho de algum passageiro de imaginação fértil. Os seguidores dessa explicação tinham a certeza de que o final seria com o pouso do avião e o sonhador personagem acordando.

A versão ganhou força com o episódio Dave, quase no fim da segunda temporada, em que Hugo revela ter um amigo imaginário e problemas psicológicos. No entanto, a trama ganhou tanta complexidade que logo ela deixou de fazer sentido.

Universo Paralelo:
Ainda no começo do programa também desenvolveram a explicação de que o avião haveria rompido algum portal dimensional, os transportando a um universo paralelo. Assim, seria fácil explicar enigmas como o Lostzilla ou o urso polar, ou mesmo a regeneração de personagens como Locke e Rose.

Foi apenas no início da quinta temporada que a teoria passou a perder sentido. Com os Oceanic 6 fora da ilha, ficou claro que eles ainda estavam na mesma dimensão. Apesar disso, ela não se mostrou tão sem sentido quando na sexta temporada, após a explosão de uma bomba, eles passaram realmente a viver em uma realidade paralela em que a ilha não existia.

Luta entre deuses egípcios:
Na quinta temporada, a série e as teorias assumiram aspectos mitológicos. Com a presença dos templos, a grande estátua da deusa Tawaret, e os misteriosos Jacob e seu irmão/inimigo sem nome, começou-se a cogitar que estes seriam os egípcios Hórus, o deus dos céus e rei dos vivos, e Seth, deus da violência e da guerra.

Em vez de Seth, uma corrente cogitou que o homem de preto fosse Anúbis, deus dos mortos, o que explicaria sua capacidade de assumir a forma dos que perderam a vida. Apesar de não explicar a maioria dos mistérios da ilha, muitos fãs ainda acreditam que os deuses foram mesmo fonte de inspiração para os personagens. Sem comprovação, esta visão ao menos anteviu que a série se trata de uma discussão entre bem e mal, vida e morte.

Todos estão mortos:
Polêmica, a teoria de que todos morreram no acidente e que a ilha seria apenas um purgatório, foi a primeira a aparecer e também a primeira a perder força, já que os produtores fizeram questão de refutá-la. Mesmo assim, durante toda a série muitos ainda defendiam a hipótese de que os personagens estavam apenas expurgando seus pecados antes de atingir o paraíso.

Com muitos fãs a temendo, a suspeita voltou a aparecer no meio da sexta temporada, quando um dos mais misteriosos personagens, Richard, afirmou ter a certeza de que eles estavam mortos. Com o fim da série nesse domingo (23), a versão se mostrou não estar tão infundada.

Matthew Fox, o Jack, afirmou na ABC após a exibição da final, no programa de Jimmy Kimmel, que cada um interpreta a série de acordo com suas crenças. Mesmo sem receber respostas fechadas, muitos ainda crêem na teoria do purgatório, outros a refutam enfaticamente. Com o fim de Lost, a única coisa que ficou clara é que ainda surgirão muitas teorias sobre a série.

O Terra exibe nesta terça-feira (25), logo após a TV fechada, o último episódio de Lost. O capítulo final da série ficará disponível por sete dias, on demand, no Terra TV. A previsão é que mais de um milhão de expectadores assistam ao episódio durante o período. O Terra é o único portal no país que disponibiliza, gratuitamente, todas as temporadas completas de Lost.

Fãs também ficaram presos às muitas teorias de 'Lost'
Fãs também ficaram presos às muitas teorias de 'Lost'
Foto: ABC / Divulgação
Fonte: Redação Terra
publicidade