PUBLICIDADE

Aos 59 anos, Rita Cadillac relembra época de prostituição: "chorei tanto"

19 nov 2013 16h46
| atualizado às 16h48
ver comentários
Publicidade

Aos 59 anos, Rita Cadillac tem muita história para contar. Musa dos presidiários, estrela de filmes pornográficos e ex-dançarina da Discoteca do Chacrinha, ela falou em entrevista ao Gabi Quase Proibida, do SBT, sobre a época em que se prostituiu – o programa vai ao ar nesta quarta-feira (20). “A primeira vez foi terrível. Chorei tanto que o cliente disse para só batermos um papo. Eu tinha que sobreviver, não podia morar na rua”, contou.

<p>A ex-chacrete foi entrevistada por Marília Gabriela</p>
A ex-chacrete foi entrevistada por Marília Gabriela
Foto: Carol Soares/SBT / Divulgação

Cadillac, que participou da mais recente edição do reality show A Fazenda, da TV Record, afirmou que não se arrepende de nada que fez na vida e que, apesar de sua imagem, é uma pessoa reservada. “Sou a Rita Cadillac que é doida e põe a bunda de fora, mas sou muito conservadora, muito família”, relatou ela, que casou virgem aos 15 anos. “Só tive relações (sexuais) uma semana depois”, relembrou.

A ex-chacrete ainda contou que não foi fácil estrelar filmes pornográficos. “Precisei ficar bêbada para fazer as cenas. Fui parar no hospital para tomar soro depois”, disse ela, que pensou que sua carreira havia acabado após atuar nesse nicho. “Mas aconteceu o contrário”, comentou Cadillac, ao garantir que, na vida pessoal, é muito bem resolvida sozinha. “Se bate um tesão, eu tomo um banho”.

<a href="http://diversao.terra.com.br/infograficos/bumbum-duelo/">Duelo de bumbum nacional x internacional</a>

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade