1 evento ao vivo

Veja resumo dos capítulos da novela 'Jezabel'

Record - 20h45

27 abr 2019
22h30
atualizado em 3/8/2019 às 22h30
  • separator
  • 0
  • comentários

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora –  Os capítulos que vão ao ar estão sujeitos a eventuais reedições.

A atriz Lidi Lisboa será Jezabel
A atriz Lidi Lisboa será Jezabel
Foto: Record / Reprodução

Segunda (05/08)

Getúlia pede que Hannibal beba o vinho que ele lhe serviu. Ele troca as canecas, satisfeito. Getúlia passa mal e cai, envenenada. Baruch ouve que é filho de Hannibal e fica chocado. Antes de morrer, Getúlia diz que sua chantagem foi ideia de Jezabel. Baruch fica com raiva de Hannibal quando Queila lhe revela o passado. Acazias retoma o plano de buscar e matar Elias. Elias e Eliseu conversam entre oliveiras. Sidônio é orientado a dar fim ao corpo de Getúlia. Baruch chama Hannibal de pai. Jezabel desconfia de que Hannibal matou Getúlia. Baruch sugere, com apoio de Barzilai, que Hannibal conte que é seu pai a Jezabel. Em briga com Zara, Naamã se recusa a libertar Samira. Hannibal manda Adad matar Queila, Barzilai e Baruch. Sidônio reencontra Joana. Jezabel questiona Hannibal sobre sumiço de Getúlia.

Terça (06/08)

Jezabel debocha de Hannibal e insinua uma ameaça de morte. Joana e Sidônio conversam com Temima sobre o passado; o soldado sai enfurecido para acertar as contas com Anaid e, após embate, mata-a com uma adaga. Hannibal acorda de um pesadelo, e Jezabel é perversa. Cadmo fica chocado ao encontrar o corpo de Anaid. Adad combina o assassinato da família de Barzilai com soldados. Jamal e Hazael confabulam uma nova guerra a Israel com Naamã. Cadmo anuncia a morte de Anaid a Acazias e Jezabel, que fica satisfeita. Eliseu e Elias conversam. Acazias ordena que Hannibal descubra o responsável pela morte de Anaid, e Jezabel acusa o amante. Adad e soldados se aproximam da casa de Barzilai. Jezabel diz ao filho que Hannibal matou Anaid a seu mando. Sidônio reage mal quando Temima sugere que ele deixe Joana livre.

Quarta (07/08)

Barzilai rememora momentos difíceis de sua trajetória no exército, com ênfase ao extermínio de profetas a mando de Jezabel. Hannibal confronta Jezabel, que volta a afirmar que ele é o assassino de Anaid e Getúlia. Milena encoraja Joana a se reerguer. Hannibal nega à Jezabel que matou Anaid e ouve dela que só continuará vivo enquanto tiver utilidade. O soldado, então, a ameaça. Soldados entram na casa de Barzilai, mas fazem barulho e acordam o general. Adad e Barzilai se enfrentam, Baruch se junta ao pai e Queila entrega uma espada ao parceiro, facilitando um tenso combate. Sidônio, enfurecido, invade a casa de Obadias e diz que vai levar Joana. Adad é acuado e revela que seu mandante é Hannibal, para espanto da família de Queila. Sidônio fica abalado e amaldiçoa Joana após ela dizer que vai deixá-lo. Miguel incentiva Thiago a investir no amor de Joana. Barzilai leva Adad rendido a Acazias e gera comoção no palácio. Hannibal confronta Barzilai.

Quinta (08/08)

Baruch e Hannibal discutem. Acazias fica chocado com a revelação que Barzilai lhe faz, sobre a encomenda de sua morte. Hannibal diz que agiu a mando da rainha. Jezabel confirma a versão de Hannibal, e Acazias decreta a morte imediata de Barzilai e Baruch; os sentenciados reagem, e todos se enfrentam com espadas. Saulo dá a vida por Barzilai. O general desarma Acazias e Hannibal, vencendo o embate. Obadias, Isaac e Jorão encontram Acazias, Hannibal, Adad, Uriel e Jezabel amarrados. A rainha dá nova ordem para que matem Barzilai e Baruch, que escaparam e buscam Queila para fuga. Começa a caçada por Barzilai. Hannibal encontra o oponente e o surpreende ao permitir que deixe Samaria. Thiago se declara à Joana. Há passagem de tempo. Hannibal informa à Jezabel que o rei Mesa, da região de Moabe, pretende atacar Samaria.  Jezabel ordena que entreguem Elias a ela, para que o mate com suas próprias mãos.

Sexta (09/08)

Acazias agoniza no leito. Jezabel diz a Hannibal que o livrará da morte se lhe entregar Elias. A rainha acorda de um delírio e recebe uma carta de Queila. Nela, a verdade sobre a morte de Hailama e a paternidade de Baruch é revelada. Hannibal encontra Elias, que conclama ao céu que lance fogo contra os inimigos. Jezabel, Uriel e Adad se preocupam com a demora da comitiva, e a rainha manda Adad e cinquenta homens ao encontro do general. As chances de Acazias sobreviver diminuem. O pelotão de Adad para sobre as cinzas de Hannibal, sem ciência do que há no solo, e intima Elias. O profeta faz novo apelo ao céu, que com mais fogo transforma o grupo em cinzas. O rei manda Sidônio e mais cinquenta homens buscarem o profeta. Jezabel fica arrasada e desmaia ao saber da morte de Hannibal. Sidônio pede clemência a Elias, que segue com ele ao palácio, por recomendação celeste. O profeta diz a Acazias que ele morrerá, e o rei ordena sua morte.

Segunda (12/08)

Sidônio hesita diante da ordem para que mate Elias e se ajoelha diante do profeta. Acazias se revolta ao ver o profeta ir embora ileso e, após forte dor, morre. Jezabel fica inconsolável. Jorão assume o trono e comemora a notícia de que Elias segue em direção ao Jordão, longe dali. O profeta abre as águas do rio para que ele e Eliseu passem à outra margem. Elias é levado ao céu por uma carruagem de fogo. Eliseu fica atônito com o que vê, pega o manto de Elias e, carregado de seu espírito, abre um novo corredor no rio para voltar aos seus discípulos. Doze anos se passam, e uma nova guerra contra a Síria deixa Jorão ferido. Jezabel é informada da derrota de Israel e diz ser culpada da fraqueza do filho. Acazias de Judá, rei de Judá e filho de Atália, visita Jorão. Dias depois, Naamã recebe, por meio de Geazi, recomendações de Eliseu para recobrar sua saúde; contrariado, cede às orientações do profeta e se emociona com o milagre da cura. Naamã se converte diante de Eliseu.

Terça (13/08)

O último capítulo não será divulgado.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade