PUBLICIDADE

Internautas acusam Patrícia Poeta de apropriação cultural

Na manhã desta quinta-feira (22), a apresentadora usou um kimono para homenagear a cultura japonesa

22 jul 2021 12h07
| atualizado às 13h26
ver comentários
Publicidade
O traje é reconhecido por sua beleza e elegância.
O traje é reconhecido por sua beleza e elegância.
Foto: TV Globo/Reprodução / Famosos e Celebridades

Substituindo Fátima Bernarndes no Encontro desta quinta-feira (22), Patrícia Poeta surgiu usando um kimono - traje tradicionalmente japonês, reconhecido por sua beleza e elegância - e afirmou que o programa estava no "clima de Japão e Olimpíada". 

Apesar da ideia em "homenagear" a cultura japonesa, a atitude da apresentadora foi vista como apropriação cultural pelos internautas que não a pouparam das críticas.  

A intenção foi homenagear a cultura japonesa.
A intenção foi homenagear a cultura japonesa.
Foto: TV Globo/Reprodução / Famosos e Celebridades

"O intuito da matéria é legal, mas é um close errado. Por que não abordam como abordara alemães ou americanos? A Poeta vestiria uma roupa alemã para falar da Alemanha? A exotização da cultura asiática em geral me cansa", disse um seguidor.

Outro fez questão de falar da produção do programa que permitiu o erro. "Ninguém avisou a produção do programa e a Patrícia Poeta que não era de bom tom ela estar de kimono?", questionou. 

Em outro tweet, uma fã disse que a maneira como a apresentadora usou o kimono era indicada para pessoas que já faleceram.

Veja outras reações:

Recentemente Ana Maria Braga também foi acusada de xenofobia e racismo ao imitar o sotaque dos povos do leste do continente em uma tentativa de homenageá-los.

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade