6 eventos ao vivo
Logo do Blog Sala de TV
Foto: iStock

Blog Sala de TV

TV aberta está dominada por atrações de fofocas

Formato barato rende boa audiência e faz o público se alienar dos problemas cotidianos

14 set 2018
11h59
atualizado às 12h01
  • separator
  • comentários

Sabe da última? Vem aí uma nova produção baseada em mexericos e buzuzus. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, a RedeTV! confirmou para 8 de outubro estreia do ‘Tricotando’, programa de fofocas que ocupará a faixa das 18h15 às 19h00. O blog confirmou a informação com uma fonte do canal.

A apresentação será de Lígia Mendes (ex-SBT e Band), Rosana Jatobá (ex-Globo e atualmente no núcleo de jornalismo da RedeTV!) e Franklin David, repórter do ‘TV Fama’. Alguns colunistas estão sendo contratados. A sensitiva Márcia Fernandes, conhecida nas redes sociais como ‘SenseMarcia’, deverá ter um quadro sobre simpatias, rituais e análise de acontecimentos místicos com famosos.

O ‘Tricotando’ junta-se a várias outras atrações e quadros de ‘fofocagem’ na TV aberta. É um formato barato de ser produzido – os sites e as revistas são as principais fontes de informação – e que costuma render boa audiência. Afinal, quem resiste a uma notícia (ou mero rumor) a respeito dos famosos e das subcelebridades?

Acima, Nelson Rubens, Sonia Abrão e Leo Dias; abaixo, Tia, Leão Lobo e Fabíola Reipert: falar da vida alheia virou antídoto contra a monotonia
Acima, Nelson Rubens, Sonia Abrão e Leo Dias; abaixo, Tia, Leão Lobo e Fabíola Reipert: falar da vida alheia virou antídoto contra a monotonia
Foto: Divulgação

O telespectador gosta de saber quem casou, quem separou, quem traiu, quem cometeu gafe, quem brigou com quem... 

Assim, preenche-se espaço na própria vida com a intimidade dos artistas. Não deixa de ser um escapismo: melhor se distrair com a existência alheia do que enfrentar frustrações e dramas pessoais. A psicanálise explica.

A decana da fofoca na televisão é Sonia Abrão. Em seu ‘A Tarde é Sua’, na RedeTV!, ela comenta tramas de novelas e acontecimentos com personalidades midiáticas. 

Com amplo conhecimento na área, ela possui autoridade para emitir opiniões contundentes. Não preocupa-se em agradar os famosos. Recebe em sua roda de fofocas vários jornalistas. Entre eles, Felipeh Campos, Vladimir Alves, Thiago Rocha e Marcia Piovesan.

Outro veterano dos tititis é Leão Lobo, do ‘Fofocalizando’. Ao lado de Mamma Bruschetta, Décio Piccinini e Leo Dias, entre outros, o apresentador comanda uma hora de fuxicos na programação vespertina do SBT. Os frequentes quiproquós gerados por Mara Maravilha, afastada da atração, eram comentados por fofoqueiros de outras emissoras.

Na Band, Catia Fonseca interage com Aaron Tura e convidados. O esquema é o mesmo: pinçar destaques de jornais, revistas e sites para comentar diante das câmeras. Muitas vezes os próprios artistas oferecem matéria-prima com posts reveladores no Instagram, Facebook e Twitter.

O ‘Mulheres’, da TV Gazeta de São Paulo, tem boa parte de sua duração ocupada por fofocas. A apresentadora Regina Volpato se diverte com os futricos lançados pela ‘Tia’, personagem do humorista Guilherme Uzeda, pelo colunista Fernando ‘Fefito’ Oliveira e o radialista Arthur ‘Tutu’ Pires.

No mesmo canal, o matutino ‘Revista da Cidade’, com Regiane Tápias, tem o jornalista Gabriel Perline na função de comentarista do noticiário das celebs. À noite, o ‘Todo Seu’ de Ronnie Von conta com a participação de Esther Rocha, diretora do portal ‘O Fuxico’, parceiro do Terra.

Fabíola Reipert impõe recorrentes derrotas ao ‘Jornal Hoje’ e ao ‘Video Show’ com o ‘A Hora da Venenosa’, quadro exibido dentro do ‘Balanço Geral SP’. A jornalista destila sua peçonha enquanto conversa animadamente com o âncora Reinaldo Gottino e o veterano repórter Renato Lombardi. O sucesso do trio se consolidou a ponto de a RecordTV criar uma franquia: há versões de ‘venenosas’ e ‘venenosos’ em várias emissoras afiliadas Brasil afora.

Alguns fofoqueiros de TV fazem tanto sucesso que até faturam na publicidade. Recentemente, Leão Lobo e Nelson Rubens, do TV Fama, participaram de um comercial de marca de carro com Anitta. Outros, como Leo Dias, em guerra pública contra o vício em cocaína, se tornaram tão famosos quanto os artistas comentados.

E assim, com alegrias e dramas, curiosidades e deslizes a respeito de famosos em geral, o telespectador da TV aberta recebe quase 50 horas semanais de fofocas. O Brasil é mesmo o País do diz-que-diz.

Veja também

 

Blog Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail jb.saladetv@terra.com.br

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade