PUBLICIDADE

Jovens artistas pressentiram morte. Sensitiva Márcia explica

Famosos como MC Kevin, Paulo Gustavo e Amy Winehouse comentaram sobre o fim precoce da vida pouco antes de acontecer

22 mai 2021 12h18
ver comentários
Publicidade

“O medo da morte é mais cruel do que a própria morte”, refletiu o escritor Públio Siro, na Roma Antiga. Outro pensador lendário, o psiquiatra e ‘pai da psicanálise’ Sigmund Freud, orientava a não temer a finitude da existência. “Se quer suportar a vida, esteja pronto para aceitar a morte”, disse.

Márcia Fernandes entre Paulo Gustavo, MC Kevin e Amy Winehouse: “Somos todos mediúnicos”
Márcia Fernandes entre Paulo Gustavo, MC Kevin e Amy Winehouse: “Somos todos mediúnicos”
Foto: Divulgação (Fotomontagem: Blog Sala de TV)

Algumas celebridades geraram manchetes ao prenunciar morte precoce que se concretizou. MC Kevin disse mais de uma vez que morreria antes dos 25 anos. “Ele sempre brincava com isso”, revelou o assessor Jonathas Groscove. O funkeiro morreu duas semanas após completar 23 anos, ao cair da sacada de uma suíte de hotel.

“Somos seres espirituais. Temos um sexto sentido muito forte”, explica a sensitiva Márcia Fernandes, do programa ‘Vou Te Contar’, apresentado por Claudete Troiano na RedeTV. “Temos chips, arquivos na memória, com tudo o que combinamos, antes mesmo de nascer, do que faremos ao longo da vida.”

A espiritualista não se surpreende com o presságio do jovem cantor. “MC Kevin tinha uma mediunidade forte, era um médium ostensivo de premonição. Ele brincava com isso porque era alegre, destemido, e encarava a vida como uma grande brincadeira.”

Quem também falava da morte era Paulo Gustavo. O humorista morreu aos 42 anos por complicações da covid-19. Sua melhor amiga, a atriz Mônica Martelli, revelou no ‘Saia Justa’, do GNT, que ele manifestava pânico de ser contaminado pelo coronavírus. “Ele sempre dizia: ‘se eu pegar, vou morrer’. Tinha certeza.”

“Paulo Gustavo tinha todos os tipos de mediunidade. Sensibilidade à flor da pele, com todos os canais extrassensoriais abertos. Ele teve intuição do que aconteceria se ficasse doente. E aconteceu”, explica a espiritualista.

Anos atrás, um caso igualmente repercutido foi protagonizado por Amy Winehouse. A cantora inglesa comentava com os amigos a respeito da sensação de que morreria no auge da juventude. Foi encontrada sem vida aos 27 anos – idade considerada ‘maldita’ no meio musical já que muitos astros morreram nessa faixa, como Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrison e Kurt Cobain.

“Amy era médium de cura, pena ela não ter trabalho sua espiritualidade. Era uma alma velha, muito nostálgica. Sabia que esse não era o mundo dela. Mais do que intuir que morreria cedo, ela queria partir logo para outro mundo”, afirma Márcia Fernandes.

Uma corrente da psicanálise explica a premonição — estudada por Freud e outros ícones da ciência da mente, como o psiquiatra suíço Carl Jung, criador da psicologia analítica — como um “fenômeno do sentir”. Pode ser uma conversa do consciente com o inconsciente associada a traumas, medos ou desejos.

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Publicidade
Publicidade