5 eventos ao vivo

Diva Laura Cardoso brilha ao lado de "inimigas" na TV

Atriz, de 90 anos, mostra talento hipnotizador em cenas de ‘O Outro Lado do Paraíso’ e na reprise de ‘Fera Radical’

7 nov 2017
11h07
  • separator
  • 48
  • comentários

Uma das mais gratas experiências de um telespectador é assistir ao desempenho de um grande artista.

A atriz na pele de Caetana: mais uma interpretação sensível e forte em uma carreira gloriosa
A atriz na pele de Caetana: mais uma interpretação sensível e forte em uma carreira gloriosa
Foto: Raquel Cunha/TV Globo

É o que acontece sempre que Laura Cardoso surge na tela. Adjetivar seu talento é redundância. Estamos diante de uma atriz extraordinária.

No momento, os noveleiros têm duas oportunidades de conferir sua versatilidade. Podemos vê-la em atuações com quase 30 anos de distância uma da outra.

Na Globo, ela estreou em ‘O Outro Lado do Paraíso’ no sábado (4). Vive a moribunda dona de bordel Caetana, desafeta da médium Mercedes, papel de outro mostro da arte, Fernanda Montenegro.

No capítulo de segunda-feira (6), a sequência de acerto de contas entre as duas idosas foi uma ‘masterclass’ de interpretação. Ambas soltaram uma explosão de sentimentos usando a sutileza.

São atrizes de poucos gestos, expressões naturais e extrema expressividade no olhar. Dona Fernanda e Dona Laura envolvem e emocionam o público sem recorrer a malabarismos de atuação.

Juntas, somam 178 anos de vida e sete décadas de amor e dedicação à arte. É lamentável que a personagem Caetana logo morrerá. Seria inebriante ver as duas damas da TV em outras cenas dramáticas.

Ontem, outro momento especial: Laura Cardoso e Lima Duarte olho no olho. Após pedir perdão a Mercedes, a velha prostituta quis se redimir com o dono de boteco. No passado, ela usou uma mentira para afastá-lo da rival.

“Passei a vida vendendo amor sem ter amor. Mas sei o que amar”, disse Caetana diante de Josafá. Perto da morte, a vilã do passado quer ser o Cupido responsável por reaproximá-lo da médium Mercedes.

Laura Cardoso, aos 61 anos, com Paulo Goulart em cena de ‘Fera Radical’, trama de 1988
Laura Cardoso, aos 61 anos, com Paulo Goulart em cena de ‘Fera Radical’, trama de 1988
Foto: Canal Viva/Divulgação

No Canal Viva, Laura Cardoso está em ‘Fera Radical’, trama exibida originalmente em 1988. Interpreta Mirtes, ex-cafetina que adotou a protagonista Cláudia (Malu Mader) e se tornou rica e influente após deixar de ser uma ‘mulher da vida’.

A inimiga da personagem é Joana, papel de outra atriz espetacular, Yara Amaral – ela morreu aos 52 anos, pouco mais de um mês após a novela acabar, no naufrágio do Bateau Mouche, no Rio, no Réveillon daquele ano.

Mirtes e Joana se odeiam por causa de um homem, o poderoso fazendeiro Altino Flores, interpretado pelo saudoso e igualmente admirável Paulo Goulart.

Nas raras vezes em que Laura e Yara estão na mesma cena, o telespectador é presenteado com atuações impecáveis. Tão intenso que nota-se até a respiração das atrizes.

Há 29 anos entre Mirtes e Caetana. Neste período, Laura Cardoso realizou muitos outros trabalhos marcantes, como a carola Doroteia de ‘Gabriela’ (2012), a reprimida Laksmi de ‘Caminho das Índias’ (2009), a sofrida Sinhana de ‘Irmãos Coragem’ (1995) e a amarga Isaura de ‘Mulheres de Areia’ (1993).

Pequena na estatura e gigante em seu dom, a atriz jamais passa despercebida diante das câmeras. E, mesmo sendo uma unanimidade, possui o valor da modéstia.

Em entrevista à ‘Veja’, ela declarou: “sou muito autocrítica. Ainda erro muito, a gente nunca acaba de aprender”.

Erre mais, Dona Laura, pode errar à vontade. Seus erros são, para nós, telespectadores, deslumbres dramatúrgicos.

Veja também

 

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 48
  • comentários
publicidade