PUBLICIDADE

Veja os 10 mandamentos para o sucesso de novelas da Record

Com a boa audiência de ‘Os dez Mandamentos’ emissora pode seguir a fórmula

24 abr 2015 18h13
ver comentários
Publicidade

Desde a estreia na Record, a novela bíblica Os Dez Mandamentos se destaca no horário nobre. Atraindo espectadores e ameaçando a programação das concorrentes, a atração é um sucesso de público atendendo às expectativas da emissora que investiu pesado na produção.

Siga Terra Diversão no Twitter

Mas além do investimento de cerca de R$700 mil por episódio, do roteiro e questões técnicas, há outros mandamentos que a emissora pode continuar seguindo para manter a boa audiência que conquistou com a novela.

Vamos aos 10 mandamentos:

Ex-globais

Foto: Record / Divulgação

A novela está recheada de ex-globais. Seja em papeis principais ou secundários, eles estão presentes em vários (senão todos) os núcleos da novela. Basta assistir uma vez para começar a reação "olha só quem é!". São rostos conhecidos como Sérgio Marone, Sidney Sampaio, Juliana Didone, Vera Zimmermann, Giselle Itié, Mel Lisboa, Samara Felippo e a lista continua.

 

Crise de audiência da Globo

Já que a principal novela da TV Globo está mal das pernas e ainda se ajustando para conquistar os espectadores, a Record aproveitou para conquistar esse público. No ar no horário das 20h30, Os Dez Mandamentos se torna um programa atrativo por ser a única novela que não é de público infantil nessa faixa horária, contra também o Jornal Nacional.

 

(Ex)galãs

Junto com as reações de “olha só quem é!” também ficamos surpresos ao ver os galãs e ex-galãs que aparecem na novela. Roger Gobeth, Luciano Szafir, Giuseppe Oristanio e Sergio Marone são algumas das apostas deste mandamento.

 

Moda antiga
 

Foto: Michel Angelo/ Record

Ao contrário dos figurinos e maquiagem das demais novelas, e, claro, por se tratar de uma adaptação bíblica, as roupas e maquiagem são uma atração à parte em Os Dez Mandamentos. Cabelos curtos com franja e delineador no melhor estilo 'Cleópatra', sem falar das roupas onde joias e acessórios nunca são demais.

 

História bíblica

Como uma novela da Record não é surpresa ser uma adaptação de uma história bíblica. A emissora parece estar acertando em seguir essa linha, visto o relativo sucesso de José do Egito.

 

Musa

Foto: Michel Angelo/ Record

Para completar a fórmula de sucesso a heroína não só é uma ex-global como uma musa eterna; Giselle Itié é a mocinha heroína de Os dez mandamentos.

 

Hollywood brasileira

Parece exagero, mas diz-se que a Record de fato contratou os serviços de um estúdio de Hollywood para arrasar na produção dos episódios e efeitos especiais da novela. Nada comparado a Mutantes, outra atração da emissora que pecava nos efeitos. Investindo cerca de R$700 mil por capítulo, há quem diga que a novela é a versão brasileira da junção de O Rei do Egito com Game of Thrones. Nível internacional.

 

Não ser uma aula de religião

Apesar de se basear na história de Moisés, a novela não se torna pedante nem uma aula de religião. Pra além disso, as falas dos personagens quebram essa possibilidade com expressões bem modernas para a época.

Foto: Michel Angelo/ Record

 

Ir na contramão da Globo

Se esse é o principal motivo do sucesso de Os Dez Mandamentos ou não, andar na contramão da Globo está dando resultado. A novela que é totalmente o oposto de uma produção global está colhendo seus frutos.

 

 Bombar com o Twitter

É fato. Quando um assunto bomba, ela vai parar no Twitter, e com Os Dez Mandamentos não foi diferente. A novela é o novo ‘casal’ da rede, com gente comentando, e, claro, criando novos mandamentos.

 

 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade