PUBLICIDADE

Zé Neto e Cristiano são condenados a pagar R$ 20 mil a homem xingado pela plateia em show

Dupla sertaneja terá que indenizar ex-marido de uma fã por danos morais; ele foi insultado pelo público a pedido dos cantores

17 out 2023 - 14h48
(atualizado às 15h25)
Compartilhar
Exibir comentários
SAO PAULO METROPOLE 09-09-2O21 NA QUARENTENAFoto da dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano, que se apresenta no Villa Country. Foto Allyson Moreno
SAO PAULO METROPOLE 09-09-2O21 NA QUARENTENAFoto da dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano, que se apresenta no Villa Country. Foto Allyson Moreno
Foto: Allyson Moreno/Divulgação / Estadão

A dupla Zé Neto e Cristiano foi condenada a pagar R$ 20 mil a um homem que foi xingado pela plateia durante show dos sertanejos na cidade de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, em 2022. A informação foi divulgada pelo Uol e confirmada pelo Estadão.

Segundo a reportagem, o homem em questão é o ex-marido de uma fã. Zé Neto e Cristiano perguntaram à plateia se alguém havia terminado um relacionamento recentemente e uma gestante disse o nome do ex.

A dupla sertaneja então pediu que o público insultasse o homem, o que se repetiu algumas vezes. O homem processou Zé Neto e Cristiano por dano moral, e afirmou que se tornou motivo de piada na cidade, com pessoas frequentemente caçoando dele pelo evento.

Por conta do episódio, ele teria sofrido transtornos psicológicos, como ansiedade. A defesa da dupla argumentou que a culpa seria da mulher, já que ela que expôs o nome do ex-marido, e que ele queria ganhar dinheiro de forma injusta.

A Justiça, contudo, declarou os cantores culpados e ordenou o pagamento da indenização, além de 40% dos honorários advocatícios do autor. O homem também havia pedido que a dupla se desculpasse publicamente, o que não foi acatado.

O Estadão entrou em contato com a assessoria de imprensa de Zé Neto e Cristiano, mas não teve retorno até o momento. O espaço segue aberto.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade