2 eventos ao vivo

Viúva de Chris Cornell bloqueia acesso de ex-integrantes às redes da banda  

6 abr 2021
15h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Vicky Cornell, viúva de Chris Cornell, através de uma ação movida por seu advogado, bloqueou o acesso dos ex-integrantes do Soundgarden, Kim Tayil, Matt Cameron e Ben Shepher às redes sociais e site da banda.

Foto: Reprodução | Instagram | @chriscornell / The Music Journal

Ela acusa os ex-integrantes do Soundgarden de tentar "difamá-la maliciosamente" e "provocar seus perseguidores online".

Uma nova declaração de seu advogado, Marty Singer, chega dias depois que Kim Thayil, Matt Cameron e Ben Shepherd entraram com uma representação legal no Estado de Washington (EUA), alegando que Vicky Cornell os havia bloqueado das contas de mídia social da banda e do site oficial do Soundgarden.

O trio de músicos pediu a um jui que ordenasse a Vicky que entregasse às senhas ou incluísse uma postagem final dizendo: "O Soundgarden suspendeu temporariamente suas contas oficiais de mídias sociais devido a litígios pendentes".

Marty Singer tratou de realizar uma postagem no perfil oficial de Chris Cornell que diz: "A moção da Sra. Cornell exporá a verdade sobre as supostas contas de mídia social do SOUNDGARDEN. A Sra. Cornell criou as contas de mídia social; aumentou as contas permitindo que negociassem com Chris - contas populares existentes; dedicou seu tempo pessoal e dinheiro no crescimento dessas contas, visto que o SOUNDGARDEN não demonstrou absolutamente nenhum interesse nas redes sociais (a menos que fosse para promover seus projetos solo)."

E continuou: "A Sra. Cornell supervisionou essas contas por quase uma década. O fato de o SOUNDGARDEN não ter conhecimento dos nomes de usuário e senhas de suas supostas contas 'próprias' confirma sua total falta de envolvimento na criação, crescimento e manutenção suas alegadas contas"

Singer concluiu o comunicado: "SOUNDGARDEN deseja apenas as contas de mídia social para difamar maliciosamente a Sra. Cornell, provocar seus perseguidores online … e instigar terceiros a assediar a Sra. Cornell e seus filhos menores. Enquanto eles alegarem um senso de urgência, a alegação de SOUNDGARDEN é uma reformulação obsoleta das reivindicações que eles entraram com o tribunal da Flórida em maio de 2020".

O processo segue em tramitação pela justiça norte-americana, desde que Vicky Cornell processou os ex-membros do Soundgarden após oferecerem apenas US$ 300 mil pela parte de Chris Cornell.

Veja também:

Música de Lil Nas X pode ser removida das plataformas
The Music Journal The Music Journal Brazil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade