PUBLICIDADE

Papo de visão: DJ Mumu do Tuiti Percurssor do Afrofunk

23 ago 2023 - 21h06
Compartilhar
Exibir comentários

Lucas Coutinho, de 28 anos, nascido e criado na comunidade do Tuiuti, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, cujo Lucas tem orgulho de levar em seu nome artístico, já conhecido na cena do funk carioca como: DJ MUMU DO TUIUTILucas começou seus passos como DJ sozinho, podendo o considerar um autodidata na carreira musical, e tendo como inspiração seu primo, também DJ, Glauber da Mangueira

Papo de visão e musicalidade

Familiarizado com instrumentos de percussão e por gostar de swing nas músicas, no ritmo, Mumu sempre gostou de pesquisar e além de tudo, arriscar, foi onde começou a mixar beats de funk carioca com instrumentos como atabaques, agogôs, produzindo o afrobeat, "Eu jáconhecia o afrobeat lá de fora (exterior),  aqui no Rio eu nunca tinha ouvido." conta Mumu.

 O tornando um dos primeiros DJs da cena a popularizar o ritmo e trazer sua carimbada no meio de suas músicas, é possível identificar uma produção sua sem ao menos ler o nome, só de ouvir sua marca autoral o beat com o nome, "MUMU" no meio da música. 

Com sua presença de palco e musicalidade únicas que cativam o público, Mumu já fez parte de grandes lines em festas que são referência no movimento musical underground carioca, como a WOBBLE. "Chamamos o Mumu justamente por ele ser o percursor do Afrofunk no Rio de Janeiro, também do beat do Mumu." conta a DJ Bia Marques, produtora e curadora da festa WOBBLE. Seu jeito único e irreverente de tocar é marca registrada do artista.

Foto: AUR

Com sua presença de palco e musicalidade únicas que cativam o público, Mumu já fez parte de grandes lines em festas que são referência no movimento musical underground carioca, como a WOBBLE. "Chamamos o Mumu justamente por ele ser o percursor do Afrofunk no Rio de Janeiro, também do beat do Mumu." conta a DJ Bia Marques, produtora e curadora da festa WOBBLE. Seu jeito único e irreverente de tocar é marca registrada do DJ no Rio de Janeiro, fazendo o público interagir a todo momento e não deixar ninguém parado.

Mumu já produziu com nomes como Mc Cabelinho e Mc Smith. Além de seguir produzindo suas próprias músicas, Mumu quer aumentar suas parcerias na cena, não só no Rio de Janeiro.

Foto: AUR

Seu set diversificado caiu no gosto não só dos cariocas,mas também está chegando ao gosto dos paulistas com o Pagode da Negrole, evento que teve sua primeira sua primeira edição no Rio de Janeiro no último mês, onde o set foi DJ MUMU foi um grande sucesso e sua musicalidade irá invadir o solo paulista e se repetir na próxima edição do evento que acontecerá no domingo,13 de agosto,  em São Paulo. 

Mumu é um nome registrado e faz parte da popularização do Afrofunk e do Aftobeat na cena do funk. Com o sucesso do ritmo, DJ Mumu tem planos para levar o ritmo para fora do Rio de Janeiro e com potencial de chegar fora do país. Com seu desejo e autoconfiança de arriscar, Mumu é o nome que poderemos ver constantemente na cena do Funk nacional.

AUR
Compartilhar
Publicidade
Publicidade