PUBLICIDADE

Ney Matogrosso vai lançar EP com quatro músicas no dia de seu aniversário

Cantor prepara para o dia 1º de agosto, quando completa 80 anos, o lançamento de um EP com quatro das 12 músicas que estarão em seu próximo álbum, que terá o nome de 'Nu Com a Minha Música'

18 jun 2021 17h12
ver comentários
Publicidade

Ney Matogrosso vai lançar um EP no dia de seu aniversário de 80 anos, em 1º de agosto. Ele terá quatro das doze músicas que estarão em seu próximo álbum de versões preparado para sair este ano. As canções que saem em agosto são: Nu Com a Minha Música, de Caetano Veloso; Se Não For Amor, Eu Cegue, de Lenine e Lula Queiroga; Estranha Toada, de Martins e PC Silva; e Noturno, de Vitor Ramil. Ney definiu também qual será o nome do disco a ser lançado nas plataformas digitais e em formato físico pela Sony Music até o final de 2021. Ele vai levar o nome da canção de Caetano Veloso, Nu Com a Minha Música. Ao ser consultado por Ney sobre a possibilidade de usá-la como título, Caetano liberou o uso com uma resposta amorosa.

O álbum não foi um projeto pensado oficialmente por Ney para comemorar os 80 anos, mas se tornou uma viabilidade pela agilidade com que as gravações têm transcorrido e pela possibilidade de se lançar digitalmente uma de suas partes em agosto. "Agora é assim, né?", comenta Ney, entendendo-se com a dinâmica do streaming. Dentre as outras músicas que estarão na lista do disco cheio, aparecem Espumas ao Vento, de Accioly Neto; Boca, de Felipe Rocha; Quase um Segundo, de Herbert Vianna; Sei dos Caminhos, de Itamar Assumpção e Alice Ruiz; Gita, de Raul Seixas e Paulo Coelho; Sua Estupidez, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos; Unicornio, do cubano Silvio Rodríguez; e Xique Xique, de Tom Zé e José Miguel Wisnik. Os arranjos serão distribuídos para quatro arranjadores que já trabalharam com Ney: o pianista Leandro Braga, o tecladista Sacha Amback, o violonista Marcello Gonçalves e o guitarrista Ricardo Silveira.

O lançamento do EP de Ney fez a gravadora Warner adiar para o dia 1º de outubro a coletânea produzida por este repórter e pelo jornalista e pesquisador Renato Vieira, que trará as duas primeiras músicas gravadas por Ney. Uma delas, Tema de Maria, nunca foi lançada em CD.

Estadão
Publicidade
Publicidade