3 eventos ao vivo

Morre Agnaldo Timóteo, vítima do coronavírus, aos 84 anos

3 abr 2021
16h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O cantor Agnaldo Timóteo morreu neste sábado (3) por complicações decorrentes do novo coronavírus. Ele tinha 84 anos. As informações são do Instituto Funjor, através de sua página oficial no Instagram.

Foto: Divulgação | SESC Piracicaba / The Music Journal

"É com imenso pesar que comunicamos o FALECIMENTO do nosso querido e amado Agnaldo Timóteo. Agnaldo Timóteo não resistiu as complicações decorrentes do covid-19 e faleceu hoje às 10:45 horas. Temos a convicção que Timóteo deu o seu melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha. A família informa que a corrente de fé, com pensamentos positivos e orações, permanecerá, em prol da cura final dessa doença e pelos que ainda estão lutando", diz o comunicado.

Nascido em Caratinga (MG) em 16 de outubro de 1936, Agnaldo Timóteo Pereira iniciou sua trajetória artística em programas de calouro, ainda em sua cidade natal, antes de seguir para Governador Valadares e Belo Horizonte. Chegou a ser conhecido como Cauby Mineiro pelos fãs.

Chegou a ser motorista da cantora Ângela Maria quando foi para o Rio de Janeiro antes de ser contratado pela gravadora EMI Odeon, onde editou seus primeiros álbuns.

Entre seus grandes sucessos, se destaca a canção Meu Grito, de Roberto Carlos, já em 1967.

Entrou para a política no inicio dos anos 1980, sendo eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro através do PDT.

Seu último show seria em Santa Rita de Cássia (BA), mas foi obrigado a cancelar o compromisso quando teve os primeiros sintomas do covid.

Veja também:

Música de Lil Nas X pode ser removida das plataformas
The Music Journal The Music Journal Brazil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade