PUBLICIDADE

Eric Clapton: para guitarrista, vacinação contra covid é "hipnose em massa"  

25 jan 2022 20h35
| atualizado em 27/1/2022 às 12h47
ver comentários
Publicidade

Eric Clapton, um dos maiores guitarristas de todos os tempos, disse em uma recente entrevista ao canal The Real Music Observer, que ele acredita que no atual momento da pandemia, as pessoas estejam sob o efeito de uma lavagem cerebral feita pela mídia, para que elas tomem a vacina contra o novo coronavírus.

"Eu não recebi o memorando. Seja qual for a mensagem, não tinha chegado a mim. Então eu comecei a perceber que havia realmente um memorando, e um cara, Mattias Desmet… Ele fala sobre a teoria da hipnose da formação em massa", disse o músico de 76 anos e dono de clássicos como Layla, My Father's Eyes e Tears In Heaven.

Foto: Mercury Studios | Universal Music / The Music Journal

E continuou: "Então me lembrei de ver pequenas coisas no YouTube que eram como publicidade subliminar. Já estava acontecendo há muito tempo: aquela coisa sobre 'você não terá nada e será feliz'. E pensei: 'O que isso significa?'. E pouco a pouco, fui montando um quebra-cabeça. E isso me fez ainda mais resoluto", disse Clapton.

Desde o inicio da pandemia, Clapton tem mantido uma posição negacionista contra as vacinas. Ele chegou a não se apresentar em locais que exigem passaporte de vacinação.

The Music Journal The Music Journal Brazil
Publicidade
Publicidade