0

Lily Allen dedica single 'Fuck You' a Bolsonaro

Cantora britânica fechou 23º Cultura Inglesa Festival com crítica política; Duda Beat levou Spice Girls em versão forró a SP

10 jun 2019
08h03
atualizado às 12h41
  • separator
  • 121
  • comentários

Dez anos após sua última passagem pelo Brasil, Lily Allen voltou ao País para o 23º Cultura Inglesa Festival, realizado neste domingo, 09, no Memorial da América Latina, em São Paulo. A cantora britânica não fugiu das críticas políticas, mencionando duas vezes Jair Bolsonaro e encerrando a apresentação com a música Fuck You, do álbum It’s not me it’s you, lançado em 2009, para o presidente do Brasil. O hit foi originalmente escrito para o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush.

A cantora britânica Lily Allen se apresenta durante a 23ª edição do Cultura Inglesa Festival, realizado no Memorial da América Latina
A cantora britânica Lily Allen se apresenta durante a 23ª edição do Cultura Inglesa Festival, realizado no Memorial da América Latina
Foto: MARCELLO FIM/O FOTOGRÁFICO / Estadão

“Essa música eu escrevi há muitos anos para George W. Bush, que eu pensei que era o pior que poderia acontecer. Uma década depois, eu dedico a Donald Trump, mas como estamos no Brasil e é o mês do Orgulho LGBT, resolvi dedicar ao seu presidente. Espero não ser presa quando voltar ao Brasil. Fuck you, Bolsonaro." Fuck you é uma expressão de xingamento em inglês que significa ´vá se f...´. 

 

Antes disso, para apresentar a música The Fear, a cantora se referiu mais uma vez aos presidentes brasileiro e norte-americano e disse: “Eu vi essa merda chegar. Eu estou com medo”.

“No shame” e alguns clássicos

O repertório apresentado pela cantora foi repleto de músicas do álbum No Shame, lançado em 2018, o quarto disco de estúdio da artista. O trabalho tem um cunho bastante pessoal, resultado de um período turbulento da vida de Lily. A cantora se divorciou do ex-marido Sam Cooper, lutou contra o vício em drogas e passou por um hiato na carreira.

No show paulista, Lily trouxe a vida pessoal para o palco. A primeira, antes de cantar a música Family Man. “Essa é uma música sobre a deterioração do meu casamento", brincou. E por último, antes de apresentar a melódica Three, Lily disse sentir saudades das filhas Marnie e Ethel. Three fala justamente sobre o tempo que passa longe das filhas quando está em turnê.

Também durante sua performance, Lily cantou três dos seus maiores hits de sucesso, Smile, do álbum Alright, Still (2006). A performance contou com uma aparição especial de Duda Beat, que depois de se apresentar, desceu do palco para cantar e dançar junto à plateia. Em seguida, o público vibrou com Not Fair, do disco It’s not me, It’s you, além de Fuck You. Lily ainda apresentou uma versão cover da música Deep End, da cantora sueca Lykke Li.

Com o público, interagiu pouco. Com seu jeito moleque e doce, agradecia o carinho que recebia dos fãs e deixava a rouquidão à mostra. Durante o show, a cantora chegou a fazer uso de spray de própolis nos intervalos entre as músicas. Os cílios postiços também foram motivo de queixa pela cantora. “Coloquei os cílios postiços errado e estou chorando. As drags queens sabem do que eu estou falando”. 

Duda Beat com gosto de quero mais

Antes de Lily Allen chegar ao palco do 23º Cultura Inglesa Festival, foi Duda Beat quem animou o público presente. A pernambucana cantou sua sofrência, fez covers de “músicas british” em um show que deixou com vontade de quero mais.

Duda Beat, cantora do Pernambuco participa do festival Cultura Inglesa no Memorial da América Latina
Duda Beat, cantora do Pernambuco participa do festival Cultura Inglesa no Memorial da América Latina
Foto: VAN CAMPOS/FOTO ARENA / Estadão

Na apresentação, a cantora misturou músicas para chorar e, como ela mesma caracterizou, para “rebolar a bunda”. O setlist contou com Meu Jeito de Amar, Derretendo e Bixinho, que fechou com chave de ouro o show.

Os covers foram um capítulo à parte. “Fui desafiada pela Cultura Inglesa para cantar músicas british”, disse, e adaptou canções escolhidas a novos ritmos. Say You´ll be there, das Spice Girls, virou forró na voz de Duda; enquanto Every Breathe You Take, do The Police, e I’m never gonna dance again, de George Michael, ganharam também outras roupagens.

Veja também

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 121
  • comentários
publicidade