2 eventos ao vivo

Estreia do skate nas Olimpíadas será dia 25 de julho de 2021

Street masculino abrirá as competições no Ariake Urban Sports Park

18 jul 2020
00h32
atualizado às 00h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Skate já tem data de estreia nas Olimpíadas
Skate já tem data de estreia nas Olimpíadas
Foto: Reprodução

A coluna é de música, mas vez ou outra abre um espaço para importantes notícias sobre o skateboard

O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta sexta-feira (17) as novas datas de disputa do skate nas Olimpíadas de Tóquio, adiado para 2021, por conta da pandemia da covid-19. A nota foi divulgada pela CBSK (Confederação Brasileira de Skate).

A estreia ficará por conta do Street masculino no dia 25 de julho (domingo), às 9h (horário do Japão), no Ariake Urban Sports Park. No dia seguinte (26/07 – segunda), no mesmo horário e local, será a vez do Street feminino. O Park fecha a participação do skate nos dias 4 (quarta / feminino) e 5 de agosto (quinta / masculino), no mesmo espaço e horário de início.

Cada modalidade (Park e Street) e categoria (feminina e masculina) contará com 20 skatistas em Tóquio. Em cada dia de evento, as disputas serão divididas em semifinal e final (oito melhores).

O skate brasileiro pode ter até 12 representantes nas Olimpíadas, sendo três por cada modalidade e categoria.

Veja abaixo a relação de atletas da Seleção Brasileira que seguem na disputa:

Street Feminino: Gabriela Mazettto, Isabelly Ávila, Letícia Bufoni, Pâmela Rosa, Rayssa Leal, Virginia Fortes Agua
Street Masculino: Carlos Ribeiro, Felipe Gustavo, Giovanni Vianna, Kelvin Hoefler, Lucas Rabelo
Park Feminino: Dora Varella, Isadora Pacheco, Leticia Gonçalves, Victoria Rassi, Yndiara Asp
Park Masculino: Hericles Fagundes, Luiz Francisco, Mateus Hiroshi, Murilo Peres, Pedro Barros, Pedro Quintas

As classificatórias foram divididas em duas janelas. A primeira delas foi encerrada com os mundiais de Park e Street em setembro de 2019, em São Paulo. A segunda foi interrompida por conta da Covid-19, tendo data de encerramento estendida para 29 de junho de 2021. 

O ranking classificatório para Tóquio será composto pelas duas melhores notas da primeira janela e pelas quatro melhores da segunda, que teve um evento realizado, o Oi STU Open, em novembro de 2019, no Rio de Janeiro.

Além dos resultados, ainda serão levados em conta os seguintes fatores para a composição dos 20 skatistas por modalidade e categoria:

- Cada país poderá contar com no máximo três skatistas;
- Todos os continentes devem ter pelo menos um representante;
- Uma vaga fica reservada ao skatista japonês mais bem colocado do ranking mundial, independente da posição;
- Os três primeiros colocados dos mundiais de 2021 estarão diretamente classificados para os Jogos, independente da posição que ocupavam no ranking.

Veja também:

Os melhores momentos de Jojo Todynho em A Fazenda 12
Nos Bastidores Nos Bastidores
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade