PUBLICIDADE

Edi Rock, do Racionais MC's, é acusado de abuso sexual; rapper nega

A doula e educadora sexual Juliana Thaisa fez as acusações nas redes sociais, na terça-feira (21)

22 jun 2022 20h34
| atualizado às 20h51
ver comentários
Publicidade
A doula e educadora sexual Juliana Thaisa acusou o rapper Edi Rock de abuso sexual
A doula e educadora sexual Juliana Thaisa acusou o rapper Edi Rock de abuso sexual
Foto: Montagem/Reprodução

O rapper Edi Rock, do Racionais MC's, foi acusado de abuso sexual pela doula e educadora sexual Juliana Thaisa. As acusações foram feitas nas redes sociais da doula na terça-feira, 21. O artista negou o caso.

Segundo Juliana, o abuso sexual aconteceu no ano passado quando o rapper fez uma visita ao apartamento dela. O suposto crime foi denunciado e, segundo a doula, o inquérito foi arquivado sem que ela fosse ouvida. Juliana afirmou que vai recorrer do arquivamento.  

"O inquerito, que foi arquivado, tem uma po***** de erro [...] Muita coisa que se contradiz, depoimentos que não batem, dá para provar com a câmera de segurança. Não vou sossegar enquanto eu não reabrir esse inquerito. Se a gente quer ser ouvida, a gente tem que fazer barulho, foram 386 dias em silêncio", desabafou a doula. 

Juliana publicou imagens das telas e gravações da câmera de segurança que mostram a presença de Edi Rock no dia do suposto ocorrido; rapper nega o crime
Juliana publicou imagens das telas e gravações da câmera de segurança que mostram a presença de Edi Rock no dia do suposto ocorrido; rapper nega o crime
Foto: @juliana.thaisa / Montagem/Reprodução

Juliana ainda publicou capturas de telas e gravações da câmera de segurança que mostram a presença de Edi Rock no dia do suposto ocorrido. Nas redes sociais, o artista, cujo nome verdadeiro é Edivaldo Pereira Alves, negou as acusações. 

"Os fatos expostos tornaram a narrativa apresentada ilegítima e caluniosa. Meus advogados cientes, tomaram as medidas cabíveis", escreveu o rapper no Twitter. 

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade