0

Canção de Malú Lomando e Giu Melito é escolhida para projeto sobre violência doméstica

"Dona Sombra" é tema da campanha "Estou aqui para contar", idealizado pela atriz Thainá Duarte, da série Aruanas

26 jun 2020
19h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A canção Dona Sombra, de Malú Lomando e Giu Melito, foi escolhida para para o projeto Estou Aqui Para Contar, de Thainá Duarte. O single entrou nas plataformas digitais nesta sexta-feira (26).

Foto: Gabryel Matos
Foto: Gabryel Matos
Foto: The Music Journal

A atriz da série Aruanas, produção original da Globo e Maria Farinha Filmes, interpreta a ativista Clara que precisa fugir do ex-namorado de quem sofreu violência doméstica. O incentivo para a criação da campanha foram os relatos que passou a receber diariamente de mulheres dividindo suas dores sobre seus relacionamentos abusivos. O objetivo é chamar a atenção sobre os altos números de violência doméstica no Brasil, já que relacionamentos abusivos atingem uma mulher a cada quatro minutos no país conforme dados do Ministério da Saúde.

"Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão" - com base nesta observação de Carl Jung (1875-1961), que foi composta Dona Sombra com foco na importância de lidar bem com a sua própria sombra e aceitar a existência dela.

Ver essa foto no Instagram

Alerta Gatilho • Recebemos alguns relatos aqui pelo insta e pelo twitter. O feedback e as histórias de vocês tem evidenciado ainda mais a importância de falarmos sobre violência doméstica. Nesse próximo vídeo teremos uma entrevistada, @____ashira_____ ela é artista musical e em suas músicas fala sobre empoderamento e força de mulheres e jovens. Ela resolveu contar um pouco sobre uma parte frágil de sua história. Aonde a violência doméstica transformou a maneira como se posicionaria para o mundo. Esse é um material sensível e muito potente, a história de alguém que rompeu com ciclos de violência e está aqui para contar. Contamos contigo pra divulgar esse material e fazer com que ele chegue em ainda mais mulheres! #Estouaquiparacontar

Uma publicação compartilhada por @ estouaquiparacontar em 23 de Jun, 2020 às 3:08 PDT

"A maioria das pessoas sente a necessidade de ser bom e perfeito o tempo todo - principalmente as mulheres, por causa do patriarcado. Eu percebi que não adianta lutar contra o nosso lado obscuro, é importante acolher as nossas sombras e equilibrar nossas facetas, sejam elas bonitas ou não. Isso traz a gente para um lugar empoderado, podendo fazer melhores escolhas de vida", conta Malú.

O single Dona Sombra foi gravado por elas em isolamento social, reflexo dos tempos vividos durante a atual pandemia.

"A Thainá é uma inspiração como artista, principalmente por criar um conteúdo tão urgente como esse. É o momento de pensar em como a nossa arte pode favorecer políticas e transformações sociais também. Essas reflexões e desconstruções são mais do que necessárias", completa Malú.

Ouça Dona Sombra:

Veja também:

Kanye West candidato à presidência dos EUA é real?
The Music Journal The Music Journal Brazil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade