0

Billie Eilish "chorou de alegria" ao ver seu documentário na Apple TV+  

17 fev 2021
13h14
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A estrela pop Billie Eilish, de 19 anos, chegou a proibir sua família - incluindo seu irmão e constante colaborador Finneas - de assistirem Billie Eilish: The World a Little Blurry, até que ela mesma visse. Tudo isso porque ela pensou que ficaria "mortificada" por algumas das cenas do registro audiovisual.

Foto: Divulgação | Apple TV+ | Universal Music | Interscope Records / The Music Journal

"Estávamos na minha sala. Eu estava tipo, 'Não, ninguém tem permissão para ver - nem minha família - ninguém tem permissão para ver até que eu tenha visto, porque eu sabia que havia algumas coisas lá que eu ficaria mortificada", explicou Billie Eilish. "Merdas acontecem. Tive dor de estômago o dia todo, mas chorei de alegria por muito tempo. Eu nunca teria pensado que alguém seria capaz de capturar exatamente o que estava acontecendo de uma forma tão linda e íntima".

Eilish, que ainda enfrenta uma batalha contra a depressão e pensamentos suicídas, disse que foi "brutal" reviver alguns desses momentos angustiantes no documentário.

"É realmente sobre minha vida, eu, de uma forma que eu não esperava e foi muito brutal de reviver. Eu estava passando por um inferno em certas partes da minha vida e não tinha ideia de que alguém estava vendo isso. O fato de que eles têm uma filmagem e você pode ver minhas emoções … ", concluiu.

Billie Eilish: The World a Little Blurry tem estreia marcada para o dia 26 de fevereiro na Apple TV+

Veja também:

Justin Timberlake pede desculpa a Britney Spears: "Falhei"
The Music Journal The Music Journal Brazil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade