PUBLICIDADE

Adrián Olivares, ex-integrante do Menudo, morre aos 48 anos

O cantor mexicano fez parte da terceira formação do grupo e permaneceu até o encerramento temporário das atividades, em 1993

9 jul 2024 - 15h08
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/HBO Max / Pipoca Moderna

O cantor mexicano Adrián Olivares, que ficou conhecido por integrar o grupo Menudo, morreu aos 48 anos. A informação foi dada na segunda-feira (8/7) por colegas da banda, mas a causa da morte ainda não foi revelada.

"Voe alto, irmãozinho. E muita força para sua família. Você sempre foi maduro para sua idade e seu carisma era inigualável. Você sempre será um dos bons e para sempre viverá no nosso coração", declarou Sérgio Blass, numa publicação de uma foto antiga ao lado do cantor.

Robert Avellanet, que também integrou o grupo musical, compartilhou uma foto do rosto de Adrián e disse estar em choque com a notícia: "Força para sua família. Feliz transição para a sua alma. Sempre me lembrarei do seu grande senso de humor. Encontramo-nos lá, irmão. Descanse em paz, Adrian".

Menudo

O Menudo foi criado pelo produtor Edgardo Díaz no final da década de 1970, e teve várias formações até o encerramento das atividades musicais em 2009. O grupo de pop latino ficou conhecido por canções como "Não Se Reprima", "Quero Ser", e "If You're Not Here".

Adrián fez parte da terceira formação e foi o primeiro cantor do grupo que não era natural de Porto Rico. O cantor mexicano chegou a vir ao Brasil em 1990, para divulgar o álbum "Os Últimos Heróis" ao lado dos demais integrantes do Menudo. Ele permaneceu no trabalho até 1993, quando houve um encerramento temporário do grupo.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade