0

Luan Santana é 'cancelado' por show em área tombada na Bahia

O cantor se apresentaria em Salvador no próximo sábado (11) no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), local tombado pelo Iphan.

9 jan 2020
17h09
atualizado às 21h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Às vésperas de uma apresentação em SalvadorLuan Santana teve seu show, que seria realizado no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), no Conjunto Arquitetônico do Solar do Unhão, cancelado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) nesta quinta-feira (9), por oferecer riscos ao patrimônio histórico.

Cantor Luan Santana em foto na praia
Cantor Luan Santana em foto na praia
Foto: Instagram / Reprodução

A apresentação estava marcada para o próximo sábado (11), mas a autarquia indeferiu o pedido por riscos à estrutura do local tombado, devido ao porte das instalações utilizadas para a apresentação no Solar do Unhão, espaço datado do século 16.

Por meio de nota, o Iphan afirmou ao Terra que o terreno não comportaria o impacto da carga dinâmica de 2 mil pessoas pulando ao mesmo tempo, ou ainda o efeito sonoro de altos decibéis, que poderiam provocar danos nas estruturas históricas (alvenarias, assoalhos, bens móveis e integrados, acervos, etc).

Produtora responsável pelo evento, a Online Entretenimento informou em nota que "realizou todos os procedimentos solicitados", mas foi "pega de surpresa" ao ser comunicada do cancelamento. A empresa também anunciou que vai ressarcir os fãs que compraram ingresso para o show, no ponto de venda onde a compra foi realizada, entre os dias 10 e 20 de Janeiro.

Procurada pelo portal, a assessoria de imprensa do cantor não se pronunciou sobre uma possibilidade de o show Luan Sunset ser levado para outro local na capital baiana. 

Museu de Arte Moderna da Bahia, no Solar do Unhão, em Salvador
Museu de Arte Moderna da Bahia, no Solar do Unhão, em Salvador
Foto: Pedro Moraes/GOVBA / Reprodução

Confira, na íntegra, a nota enviada pelo Iphan ao Terra:

"Informamos que o Iphan indeferiu nesta quinta-feira, 09 de dezembro, o pedido de realização do evento Luan Sunset no Conjunto Arquitetônico do Solar do Unhão. A análise técnica da autarquia constatou que a realização do evento, conforme as informações apresentadas pela produtora, configura dano ao patrimônio cultural em função do porte e das estruturas propostas. 

Por se tratar de bem tombado pela autarquia, a promoção de eventos ou intervenções de qualquer natureza no local só podem ser executadas após autorização prévia deste Instituto, conforme Decreto-Lei nº 25 de 1937.

O parecer levou em consideração a Nota Técnica n° 02 - IPHAN/BA, que fornece orientações quanto a eventos em bens e conjuntos tombados e sua vizinhança e proíbe a montagem de palcos de grande porte para realização de eventos nas áreas protegidas federalmente.

Para efeito de comparação, a dimensão do palco apresentada pela produtora equivale, em proporção, à Capela de Nossa Senhora da Conceição. Tal constatação reforça a impossibilidade do local em atender a um público estimado de 2.050 pessoas em uma área de terrapleno de aproximadamente 1.000m².

O terreno não comportaria ainda o impacto da carga dinâmica de 2 mil pessoas pulando ao mesmo tempo, ou ainda o efeito sonoro de altos decibéis, que poderiam provocar danos nas estruturas históricas (alvenarias, assoalhos, bens móveis e integrados, acervos, etc).

Além disso, o pedido de autorização enviado pela produtora do evento não trouxe especificações, dimensões e quantificações de itens de montagem provisória como sanitários químicos, geradores, bares e food trucks. Conforme a Portaria 420/2010, a apresentação de tais elementos é necessária para a concessão de autorização para realização de eventos em imóveis tombados."

Veja também a nota enviada pela Online Entretenimento:

A Online Entretenimento informa que o evento “Luan Sunset”, que aconteceria neste sábado, 11, não será mais realizado. A produtora esclarece que realizou todos os procedimentos solicitados mas foi pega de surpresa ao ser comunicada pela CLE que o evento foi indeferido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Mesmo sem ser notificada pelo IPHAN e não conhecer os motivos irá acatar a decisão.

A organização do evento reforça ainda o carinho e respeito que o artista Luan Santana tem com a cidade de Salvador, onde gravou seu lançamento mais recente, o DVD VIVA.  

A restituição dos valores dos ingressos já adquiridos será feita no ponto de venda onde a compra foi realizada entre os dias 10 e 20 de Janeiro de 2020. Mais informações através do telefone (71) 3035-8059

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade